12 de Agosto de 2016 / às 23:37 / um ano atrás

Perdemos para covardes, diz goleira dos EUA Hope Solo

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A goleira do time de futebol feminino dos EUA Hope Solo chamou as suecas de “um bando de covardes” depois que elas eliminaram os Estados Unidos do torneio olímpico na disputa de pênaltis nesta sexta-feira.

Goleira Hope Solo durante partida contra a Suécia REUTERS/Ueslei Marcelino

”Acho que nós demos todo o coração”, disse Hope Solo à revista Sports Illustrated depois que as europeias passaram para as semifinais com a vitória de 4 a 3 nos pênaltis.

“Nós estávamos atrás por um gol e reagimos. Eu estou muito orgulhosa desse time”, disse.

”Mas eu também acho que nós jogamos contra um bando de covardes”, afirmou. “O melhor time não venceu hoje”, declarou à revista esportiva, confirmando depois pelo Twitter que ela tinha feito os comentários depois do jogo em Brasília.

”A Suécia desacelerou. Elas não quiseram um jogo aberto. Elas não quiseram passar a bola. Elas não quiseram jogar um grande futebol”, disse a goleira.

”Perder é horrível. Eu sou muito ruim nisso”, declarou Hope Solo pelo Twitter, confirmando e reenviando os comentários que fez para a revista.

Os EUA foram o melhor time durante a partida, mas Alex Morgan e Christen Press perderam pênaltis depois que a partida terminou 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação.

Esta é a primeira vez que os EUA não chegam à final olímpica.

“Os melhores times no mundo têm que lidar com oposição inferior que dificulta o jogo e se defende”, disse o ex-capitão da seleção masculina de futebol dos EUA, Alexei Lalas, pelo Twitter. “Mas eles não chamam os outros de covardes.”

Hope Solo regularmente causa polêmica, e o incidente desta sexta-feira não foi o seu primeiro nestes Jogos. A goleira foi vaiada sem piedade por torcedores brasileiros irritados pelos seus comentários sobre o vírus Zika.

Diversos atletas preferiram não vir para o Brasil por causa do Zika, e a goleira publicou fotos nas redes sociais vestindo máscara contra mosquito e carregando quantidades industriais de repelente.

Ela também adotou o que pareceu ser uma óbvia artimanha nesta sexta-feira, ao pedir um novo par de luvas imediatamente antes do pênalti sueco decisivo.

Hope Solo, que disputou o seu 200° jogo pela seleção na semana passada, fez boa partida nas vitórias contra a Nova Zelândia e a França, mas a sua atuação foi um pesadelo no 2 x 2 contra a Colômbia, falhando nos dois gols.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below