18 de Agosto de 2016 / às 13:42 / em um ano

Aposentadoria de Ginobili após Rio 2016 marca fim de uma geração do basquete argentino

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Para a Argentina, perder para os Estados Unidos na quarta-feira e deixar o torneio de basquete da Olimpíada do Rio de Janeiro de 2016 pode ser mais fácil do que lidar com a partida do amado astro Manu Ginobili.

2016 Rio Olympics - Basketball - Quarterfinal - Men's Quarterfinal USA v Argentina - Carioca Arena 1 - Rio de Janeiro, Brazil - 17/8/2016. Manu Ginobili (ARG) of Argentina walks off the court with the ball after the game. REUTERS/Shannon Stapleton FOR EDITORIAL USE ONLY. NOT FOR SALE FOR MARKETING OR ADVERTISING CAMPAIGNS.

Ginobili confirmou que está se aposentando da seleção argentina no mesmo dia em que Tony Parker, colega do time norte-americano San Antonio Spur, anunciou o final de sua carreira na equipe da França.

Suas partidas foram agridoces, já que os dois times perderam feio nas quartas de final da Rio 2016 – a Argentina caiu diante de uma seleção norte-americana revigorada e a França diante de uma equipe espanhola em recuperação.

O técnico da Argentina, Sergio Hernández, disse ter sido um dia difícil para ele por ter tido que ver o ala-armador de 39 anos, que conhece desde a infância, fazer seu último treinamento e jogo em uma Olimpíada.

“Estamos vendo o fim de uma geração”, disse Hernández. “Estamos perdendo um dos grandes times do basquete internacional”.

Ginobili disputou quatro Jogos com a seleção conhecida como “A Alma Argentina” e conquistou o ouro em Atenas em 2004, um marco que catapultou seu país à elite do basquete mundial.

Em uma entrevista pós-jogo na quarta-feira, Ginobili disse à NBC Sports que teve uma “jornada maravilhosa”.

“Comecei a jogar com 19, 20 anos de idade e agora estou quase com 40”, contou. “Tive algumas épocas maravilhosas, algumas inacreditáveis, algumas realmente difíceis. A maioria delas com a mesma turma, bons amigos”, acrescentou, depois de ser vencido pela emoção.

Na despedida, os torcedores da Argentina se congregaram nas arquibancadas da Arena Carioca 1 para saudá-lo uma última vez enquanto os EUA finalizavam uma vitória dolorosa de 105 a 78.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below