August 24, 2017 / 3:22 PM / a year ago

McGregor e Mayweather trocam elogios, e não ofensas, antes de aguardado confronto em Las Vegas

LAS VEGAS, Estados Unidos (Reuters) - Conor McGregor e Floyd Mayweather Jr. declararam uma trégua depois de semanas de ataques verbais violentos e trocaram elogios, e não ofensas, na última coletiva de imprensa antes de sua muito aguardada luta.

Lutadores Floyd Mayweather Jr. e Conor McGregor 23/08/2017 REUTERS/Las Vegas Sun/Steve Marcus

Desde que o combate entre o boxeador invicto Mayweather e o campeão do UFC McGregor foi anunciado, em junho, os dois embarcaram em uma turnê mundial repleta de xingamentos para despertar interesse em um confronto que vem sendo visto tanto com ceticismo como com entusiasmo.

A coletiva de imprensa final antes da luta de sábado, porém, foi mais parecida com um evento do tipo “paz e amor” do que com um campo de batalha. Mayweather, em particular, elogiou o rival que questionou tudo, de sua masculinidade até seu gosto para roupas.

“Conor McGregor teve uma tremenda carreira, ele ainda tem uma tremenda carreira”, disse Mayweather, na noite de quarta-feira. “Ele é um tremendo lutador, é um cara correto, um competidor duro”.

“Não será uma luta fácil. Haverá sangue, suor e lágrimas no sábado”.

McGregor foi bem menos efusivo em seus elogios, mas depois de meses de ataques implacáveis a Mayweather, disse que a pausa nas hostilidades é bem-vinda.

“Tem havido muitas coletivas de imprensa doidas, isto é bem mais contido, muito mais profissional, do jeito que eu gosto... às vezes”, disse McGregor.

Apesar de ambos terem deixado o clima tenso com a troca de ofensas durante a turnê de divulgação, Mayweather passou a coletiva de quarta-feira inteira sem xingar.

McGregor não segurou a língua, mas guardou o veneno para um membro da “Equipe Dinheiro” de Mayweather que o provocou da plateia, dizendo que ele seria nocauteado.

“Não por você, seja quem for”, respondeu McGregor. “Diga a esse imbecil para calar a boca”, rosnou o irlandês olhando para Mayweather, que mais tarde repreendeu o membro da equipe.

O tom contido da coletiva de quarta-feira ressaltou as apostas altas do que se espera ser a luta de boxe mais cara de todas – McGregor pode receber 100 milhões de dólares e Mayweather até 200 milhões de dólares.

Embora puristas e especialistas em boxe tenham denunciado a luta, que veem como um evento caça-níqueis, o combate conquistou os fãs.

Stephen Espinoza, executivo do canal Showtime, disse que o combate, que será exibido em mais de 200 países, está a caminho de quebrar todos os recordes de pay-per-view esportivo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below