October 1, 2017 / 6:33 PM / a year ago

Messi marca duas vezes e ajuda Barça a vencer o Las Palmas, em um estádio vazio

BARCELONA (Reuters) - Lionel Messi marcou duas vezes na vitória por 3 a 0 do Barcelona contra o Las Palmas, em uma partida disputada sem torcida, após confrontos entre a polícia e os eleitores na Catalunha devido a um disputado referendo pela independência.  

O Barcelona, líder do campeonato, tentou adiar o jogo, mas seu pedido foi rejeitado pela La Liga e o clube anunciou 25 minutos antes do início da partida que o jogo seria disputado a portas fechadas.  

A polícia espanhola invadiu zonas eleitorais neste domingo em toda a Catalunha e tentou impedir que o referendo proibido sobre a separação da região da Espanha fosse realizado. As autoridades da Catalunha disseram que mais de 460 pessoas foram feridas durante a repressão.

Sergio Busquets, do Barcelona, marcou pela primeira na Liga em três temporadas, para dar ao time da casa a liderança aos 49 minutos, cabeceando após um escanteio de Messi.

O argentino Messi então marcou seu 10º gol na temporada da Liga, dobrando a vantagem do Barça aos 70 minutos.

Ele mal celebrou o gol, o que tornou a atmosfera ainda mais similar a de um treinamento.

Messi então dominou um passe de Luis Suárez para marcar novamente aos 32 minutos do segundo tempo, fechando a sétima vitória consecutiva na temporada e mantendo 100 por cento de aproveitamento no início da La Liga e da Champions League.

O Barcelona lidera com 21 pontos, cinco a frente do Sevilla, segundo colocado. O campeão Real Madrid, que está em sexto, com 11 pontos, jogou em casa contra o Espanyol no domingo, tentando conquistar a primeira vitória em casa na temporada da Liga.

CIRCUNSTÂNCIAS BIZARRAS

As circunstâncias bizarras do jogo parecem ter afetado o Barça no primeiro tempo, conforme o time apresentou falta de energia e imaginação, fazendo apenas dois lances em direção ao gol – um chute inicial de Sergi Roberto e uma cabeçada de Paulinho.

O Las Palmas, que aumentou a tensão usando uma bandeira da Espanha em seu uniforme, ficou perto de marcar logo antes do intervalo, com o argentino Jonathan Calleri acertando a trave.

O técnico do Barcelona, Ernesto Valverde, teve pouca paciência com seus jogadores, que estavam apresentando desempenho abaixo do esperado e substituiu Paulinho e Aleix Vidal por Ivan Rakitice o capitão, Andres Iniesta.

 “Foi muito estranho, é claro que não é normal, mas os eventos de hoje ofuscaram o jogo”, disse Busquets sobre o jogo a portas fechadas.

“Hoje foi um dia especial, tivemos que focar na parte esportiva, o que não foi muito legal para nós, e hoje fomos afetados por outras coisas que estavam em nossas mentes”, ele acrescentou.

“Nós lutamos muito em vários sentidos e a performance do primeiro tempo foi muito ruim. Nós melhoramos no segundo, dominamos em todos os aspectos e estamos muito felizes com essa sequência de vitórias”. 

Por Richard Martin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below