February 14, 2018 / 2:14 PM / 9 months ago

Animadoras de torcida norte-coreanas riem de imitador de Kim Jong Un durante jogo de hóquei

GANGNEUNG, Coreia do Sul (Reuters) - Um grupo de animadoras de torcida norte-coreanas foi surpreendido brevemente pela aparente chegada súbita de seu líder, Kim Jong Un, a uma partida de hóquei sobre o gelo na Olimpíada de Inverno de Pyeongchang nesta quarta-feira.

Imitadores do líder norte-coreano, Kim Jong Un, e do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na cerimônia de abertura da Olimpíada de Inverno de Pyeongchang Yonhap via REUTERS

Algumas delas imediatamente desviaram seu olhar conforme o imitador, que mais tarde se identificou apenas como Howard, sorria e acenava para a multidão que foi assistir uma equipe coreana unificada enfrentar o Japão.

“Elas estão jogando uma boa partida, marcaram um gol. Como presidente, é tudo que posso pedir”, disse Howard à Reuters pouco depois de agentes à paisana do Centro Nacional de Contraterrorismo da Coreia do Sul o afastarem das animadoras de torcida, que ele disse estarem fazendo um ótimo trabalho.

“Afinal eu mesmo as treinei, então, claro, são as melhores do mundo”, afirmo Howard.

O imitador causou comoção durante a cerimônia de abertura dos Jogos na sexta-feira, quando ele e uma pessoa fantasiada como o presidente norte-americano, Donald Trump, foram retirados rapidamente do estádio por seguranças.

Ele disse que ficou detido brevemente em uma delegacia de polícia durante a partida desta quarta-feira e que depois lhe “pediram educadamente” para ir embora.

“Meu rosto é político demais”, disse o imitador, desconsolado, ar sair lentamente do estádio de hóquei.

“Nasci com este rosto, tenho que viver com ele”.

Na Coreia do Norte, qualquer pessoa que imite um membro da família governante Kim é considerado blasfemo. As imagens da liderança do país são coreografadas e controladas cuidadosamente pelos propagandistas estatais.

Mas a entrada de Howard foi tão espetacular que as animadoras de torcida norte-coreanas se esforçaram para conter a risada entre os brados de “Somos um só!” e “Unifiquem a pátria-mãe!”

“Isso mostra que somos humanos, afinal de contas”, disse Howard sobre as animadoras de torcida. “Não importa se são sul ou norte-coreanas, senso de humor e um pouco de sátira política sempre é necessário.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below