May 15, 2018 / 9:49 PM / 4 months ago

Artilheiro Guerrero volta ao Peru e critica federação após suspensão da CAS

LIMA (Reuters) - Paolo Guerrero, o maior artilheiro da seleção peruana de futebol, foi recebido nesta terça-feira por centenas de torcedores em Lima e criticou sua federação por continuar concentrando o time no hotel onde, segundo afirma, ingeriu uma substância que provocou um teste positivo em um exame antidoping.       

Atacante peruano Paolo Guerrero ao chegar em Lima 15/05/2018 REUTERS/Guadalupe Pardo

Guerrero deixou o Brasil, onde joga no Flamengo, um dia depois de a Corte Arbitral do Esporte (CAS) prorrogar de seis para 14 meses uma suspensão por doping, um balde de água fria no país que se classificou para a Copa do Mundo depois de 36 anos de ausência. 

Ao chegar, o atacante se queixou por a Federação Peruana de Futebol continuar hospedando a seleção no Swissotel de Lima, onde Guerrero afirma que se contaminou com a substância proibida ao beber um chá antes de viajar para uma eliminatória contra a Argentina em outubro.

“Deixa muito a desejar a atitude da federação, que continua concentrando (a seleção) ali. O hotel foi um fator importante entre os que me prejudicaram”, disse Guerrero aos repórteres no aeroporto Jorge Chávez de Lima.

“Quando vim ao Peru em busca de provas, o hotel me virou as costas, não me apoiou em nenhum momento, o que eu queria saber era a verdade, sabia quem era o garçom, eu o procurei, eles o trancaram no hotel”, acrescentou.

Os integrantes da seleção peruana se concentram no Swissotel, um hotel de cinco estrelas da rede AccorHotels. Representantes do hotel não comentaram de imediato ao serem consultados sobre este tema pela Reuters.

“É um dia triste, estou aqui para mostrar a cara, já que se especulava sobre muitas cosas vindas de muitas pessoas”, disse Guerrero em meio a cânticos e palavras de apoio de torcedores que o receberam com cartazes e bandeiras.

“Quero deixar bem claro que apoio meus companheiros até a morte, vou torcer pela minha seleção, pelo professor (Ricardo) Gareca, pelo corpo técnico que vai ao Mundial”, acrescentou.

Na primeira fase da Copa do Mundo, que começa em 14 de junho, o Peru enfrentará França, Dinamarca e Austrália no Grupo C.

Guerrero reiterou que estuda com seus advogados quais medidas legais pode adotar diante da suspensão, que foi classificada mais cedo pela associação mundial de jogadores FIFPro como injusta e desproporcional.

Por Marco Aquino e Teresa Céspedes

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below