May 28, 2018 / 10:18 PM / 4 months ago

Defesa de Portugal volta a falhar e Tunísia busca empate

BRAGA, Portugal (Reuters) - As fragilidades defensivas de Portugal foram expostas novamente, nesta segunda-feira, quando a Tunísia conseguiu marcar dois gols e buscar empate em 2 x 2 com a seleção campeã europeia em amistoso para a Copa do Mundo.

Português Cedric Soares em lance com Ghailan Chaalali, da Tunísia 28/5/2018 REUTERS/Miguel Vidal

Portugal, que poupou o capitão e artilheiro Cristiano Ronaldo após ele ter jogado a final de sábado da Liga dos Campeões pelo Real Madrid, abriu o placar com cabeceio de André Silva após cruzamento preciso de Ricardo Quaresma aos 22 minutos do primeiro tempo.

    O meia João Mario dobrou a liderança e a seleção portuguesa, que enfrenta Espanha, Marrocos e Irã em seu grupo na Copa do Mundo, parecia estar no controle.

Os problemas começaram a aparecer cinco minutos depois, no entanto, quando Anice Badri foi deixado sozinho dentro da pequena área para superar o goleiro Anthony Lopes e diminuir a diferença para a Tunísia, que enfrenta Inglaterra, Panamá e Bélgica em seu grupo na Copa.

    A defesa portuguesa desmoronou no jogo anterior, uma derrota por 3 x 0 em amistoso com a Holanda em março, e deu ao técnico Fernando Santos mais motivos para preocupação aos 19 do segundo tempo.

A defesa não conseguiu se livrar de uma cobrança de falta e, quando a bola foi colocada em jogo, Fakhreddine Ben Youssef passou por quatro defensores e marcou o gol, com o time da casa pedindo em vão uma marcação de impedimento.

    (Reportagem de Brian Homewood, em Berna)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below