June 7, 2018 / 7:59 PM / in 5 months

Marcelo sai em defesa de Sergio Ramos e rebate Firmino

(Reuters) - A polêmica em torno da final da Liga dos Campeões continua mesmo quase duas semanas depois da decisão e nesta quinta feira o lateral Marcelo saiu em defesa do companheiro de Real Madrid Sergio Ramos, que na véspera foi chamado de idiota pelo atacante da seleção brasileira Roberto Firmino.

Lateral Marcelo durante entrevista coletiva em Londres 07/06/2018 Action Images via Reuters/Matthew Childs

O lateral-esquerdo disse que o zagueiro espanhol pode ter sido mal interpretado nas declarações após a decisão em que o Real venceu o Liverpool por 3 x 1 e chegou à décima terceira conquista na competição.

O atacante egípcio Salah se contundiu num lance com Sergio Ramos e o zagueiro ainda se envolveu em um choque com o goleiro Karius, que teria sofrido uma concussão. Ramos declarou após a polêmica que só faltavam dizer que Firmino tinha ficado gripado porque uma gota de suor caíra sobre o brasileiro. O atacante rebateu na quarta ao afirmar que achou a declaração de Ramos idiota. Nesta quinta foi a vez de Marcelo entrar na polêmica.

“Sobre Firmino, eu interpretei que foi brincadeira do Sergio… conheço Sergio há 12 anos e Firmino há 4 anos… pode chamar de idiota ou não, mas tem que ter respeito pelo companheiro de profissão”, declarou o lateral.

Essa não foi a única controvérsia em que Marcelo se envolveu. A eventual ida de Neymar para o Real Madrid também esteve na pauta. Especula-se que a possível saída de Cristiano Ronaldo da equipe espanhola estaria relacionada a uma eventual contratação de Neymar.

“O Cristiano não é dono do Real não e não é porque ele está o Neymar não pode entrar… o Cristiano, estou doido que ele fique no Real Madrid e todos querem que ele fique”, frisou.

“Uma coisa não tem a ver com a outra… as portas do Real estão abertas para o Neymar e os melhores do mundo tem que jogar no Real Madrid”, declarou.

NEYMAR TITULAR CONTRA ÁUSTRIA

No treino dessa quinta em Londres, preparatório para o amistoso contra a Áustria no domingo em Viena, o técnico Tite começou com Neymar na vaga de Fernandinho entre os titulares, abrindo mão do esquema com três volantes usado no difícil primeiro tempo da vitória por 2 x 0 sobre a Croácia.

“Neymar tem condições de jogar mais que no jogo anterior e começar jogando”, disse o médico da seleção Rodrigo Lasmar.

Durante o treinamento desta quinta, Fred, recentemente contratado pelo Manchester United, levou uma entrada de Casemiro e deixou o campo mancando.

O Brasil deve entrar em campo contra a Áustria com Alisson, Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Phillippe Coutinho; Willian, Neymar e Gabriel Jesus.

Por Rodrigo Viga Gaier, no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below