August 29, 2018 / 7:45 PM / 2 months ago

Aberto dos EUA diz lamentar advertência de troca de camisa de Alizé Cornet

NOVA YORK (Reuters) - O Aberto dos Estados Unidos disse que lamenta que a jogadora francesa Alizé Cornet tenha recebido uma advertência por tirar a camisa durante uma partida depois das queixas de que a decisão foi sexista.

Alizé Cornet durante torneio no Canadá 6/8/2018 Jean-Yves Ahern-USA TODAY Sports

Alizé voltou à quadra após uma pausa de 10 minutos devido ao calor antes do terceiro set de sua partida de primeira rodada na terça-feira e percebeu que tinha vestido a peça ao contrário.

Ela foi até o fundo da quadra, tirou a camisa e a virou, expondo brevemente um sutiã esportivo, o que lhe rendeu uma advertência por violação de código do juiz de cadeira Christian Rask.

Tenistas homens trocam ou retiram a camisa com frequência entre games e às vezes ficam sem elas durante longos períodos em suas cadeiras durante as pausas no jogo.

    “Todos os jogadores podem trocar de camisa quando sentados na cadeira de jogador. Isso não é considerado uma violação de código”, informou o Aberto dos EUA em um comunicado nesta quarta-feira.

“Lamentamos que uma violação de código tenha sido imposta à senhorita Cornet ontem. Esclarecemos a diretriz para que isso não aconteça daqui em diante. Felizmente ela só recebeu uma advertência, sem nenhuma penalidade adicional ou multa”.

“Tenistas mulheres, se quiserem, também podem trocar de camisa em um local mais íntimo perto da quadra, quando disponível. Elas não terão direito a uma pausa para ir ao banheiro nesta circunstância”.

A Associação de Tênis Feminino (WTA) disse que a violação de código atribuída a Alizé foi injusta.

    “Ela não se baseou em uma regra da WTA, já que a WTA não tem uma regra contra mudança de vestimenta na quadra”, disse o organismo em um comunicado.

“A WTA sempre foi e será uma pioneira para as mulheres e os esportes femininos. Esta violação de código ocorreu de acordo com as regras do Grand Slam, e estamos satisfeitos de ver que a USTA agora mudou essa diretriz. Alizé não fez nada errado”.

Judy Murray, mãe de Andy Murray, campeão britânico de Wimbledon e do Aberto dos EUA, ressaltou a discrepância entre a maneira como tenistas homens e mulheres são tratados quando se trata da etiqueta em quadra.

“Alizé Cornet voltou à quadra após uma pausa de 10 minutos devido ao calor. Estava com a camisa nova do lado contrário. Trocou-se no fundo da quadra. Foi punida por violação de código. Conduta antiesportiva... mas os homens podem trocar de camisa na quadra”, escreveu ela no Twitter.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below