August 29, 2018 / 10:46 PM / 22 days ago

Estrela Vermelha chega à fase de grupos da Liga dos Campeões com Benfica e PSV

(Reuters) - Um empate eletrizante fora de casa com o Salzburgo permitiu que o campeão sérvio Estrela Vermelha de Belgrado chegasse à fase de grupos da Liga dos Campeões pela primeira vez, onde irá se juntar ao português Benfica e ao holandês PSV Eindhoven.

Torcida do Benfica em jogo contra o Fenerbahce 7/8/2018 REUTERS/Rafael Marchante

O Estrela Vermelha, que venceu a Copa Europeia em 1991, conseguiu igualar o placar após ficar 2 gols atrás em uma partida de volta emocionante na Áustria, empatando em 2 x 2 e avançando por gols fora de casa.

O Benfica se recuperou após levar um gol no começo da partida e massacrou o grego PAOK por 4 x 1, somando 5 x 2 no agregado, enquanto o ex-campeão europeu PSV não teve problemas para vencer o Bate Borisov, da Bielorrúsia, marcando no começo e vencendo por 6 x 2 no agregado.

Com a partida de ida sem gols tendo sido jogada sem torcida após o Estrela Vermelha ser punido por gritos racistas de seus torcedores, o atacante Munas Dabbur, do Salzburgo, tirou a vantagem de estar em casa e abriu o placar no último minuto do primeiro tempo.

Ele dobrou a vantagem do Salzburgo pouco após o intervalo, marcando com confiança de pênalti após Vudajin Savic cometer falta sobre o meia Hannes Wolf.

Impulsionado por 8 mil torcedores, o Estrela Vermelha eliminou a vantagem do Salzburgo durante o segundo tempo graças às finalizações cirúrgicas do atacante El Fardou Ben Nabouhane.

Milos Degenek cruzou perfeitamente para Ben aos 20 minutos do segundo tempo e o defensor australiano se mostrou essencial poucos minutos depois, encontrando o atacante com um cabeceio após cobrança de falta.

Torcedores do Estrela Vermelha invadiram o campo após o apito final e cercaram os jogadores do time sérvio, que se mantiveram firmes conforme o Salzburgo pressionava desesperadamente no ataque na busca de um gol da vitória.

Após empatar em casa na partida de ida em 1 x 1, o Benfica ficou atrás no placar em Tessalônica quando o atacante Aleksandar Prijovic colocou o PAOK na liderança, finalizando uma inteligente jogada ensaiada aos 13 minutos.

O zagueiro brasileiro Jardel revidou para o Benfica de cabeça após cobrança de escanteio aos 20 minutos. Seis minutos depois, Eduardo Salvio fez 2 x 1. O ponta português Pizzi aumentou o placar antes do final do primeiro tempo. Salvio marcou seu segundo gol aos quatro do segundo tempo, fechando 5 x 2 no agregado.

Por Philip O'Connor; Reportagem adicional de Zoran Milosavljevic

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below