September 23, 2018 / 3:14 PM / 2 months ago

Atletismo europeu está preocupado com reinstauração de autoridade anti-doping russa

(Reuters) - O presidente da Associação Europeia de Atletismo, Svein Arne Hansen, expressou seu incômodo, neste sábado, com a decisão da Agência Mundial Anti-Doping (WADA) de reestabelecer a autoridade anti-doping da Rússia.

A Rusada foi suspensa em novembro de 2015 depois que um relatório independente da Wada, conduzido pelo advogado canadense Richard McLaren, mostrou evidências de um esquema sistemático de doping apoiado pelo Estado russo.

A Wada disse que a Rusada não seria reinstalada até que alcançasse critérios chaves para retornar, inclusive reconhecendo as descobertas do relatório de McLaren e permitindo acesso a amostras de urina arquivadas no seu laboratório, em Moscou.

Mas a suspensão foi levantada na quinta-feira.

“Como muitos no atletismo, estou preocupado com a decisão de quinta-feira do Comitê Executivo da Agência Mundial Anti-Doping (Wada)”, disse Hansen, em um comunicado.

Apesar da decisão da Wada, a suspensão pela Federação Internacional de Associações do Atletismo (IAAF) continua valendo.

A IAAF estabeleceu seus próprios critérios para reinstaurar a Federação Russa de Atletismo (RusAF) e disse que a última medida da Wada cumpriu uma das três pré-condições.

Por Simon Jennings em Bengalore

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below