October 20, 2018 / 6:12 PM / a month ago

Mourinho briga, Manchester empata e vê City abrir na liderença

LONDRES (Reuters) - O Manchester City mostrou espírito de campeão neste sábado ao assumir a liderança isolada do Campeonato Inglês com uma goleada por 5 a 0 contra o Burnley, mas o drama na partida do rival Manchester United envolvendo o técnico português José Mourinho foi o fato do dia no torneio.

    O time de Mourinho aparentava estar se encaminhando para uma vitória de virada sobre o invicto Chelsea até que um gol de Ross Barkley nos acréscimos empatou a partida em 2 a 2 e foi o estopim para uma confusão na beira do gramado.

    O português ficou irritado com a comemoração de Marco Ianni, um dos assistentes do técnico do Chelsea, Maurizio Sarri, após o gol marcado aos 51 minutos do segundo tempo. O treinador português teve que ser contido enquanto perseguia o assistente no túnel.

    O episódio fez Sarri aceitar que o banco do Chelsea exagerou e fez seu assistente pedir desculpas para Mourinho. O treinador aceitou as desculpas, mas não os pontos perdidos no final da partida.

    Mourinho chamou de ‘horrível’ o resultado deste sábado, pois, com a vitória do City, o Manchester United agora está na nona posição, nove pontos atrás do líder.

    A vitória enfática do City, com gols de Sergio Aguero, Bernardo Silva, Fernandinho, Leroy Sane e Riyad Mahrez, levou a equipe para 23 pontos, dois à frente do Chelsea.    

Por Ian Chadband

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below