January 4, 2019 / 10:25 PM / in 15 days

Maradona recebe alta após ser internado por sangramento estomacal

BUENOS AIRES (Reuters) - O astro do futebol argentino Diego Maradona recebeu alta hospitalar depois de ser internado nesta sexta-feira em um hospital nos arredores de Buenos Aires por conta de um sangramento estomacal detectado em exames.

Ex-jogador Maradona acena durante partida de futebol no estádio La Bombonera, em Buenos Aires 18/07 2015. REUTERS/Marcos Brindicci

Maradona passava por exames de rotina na Argentina antes de retornar ao México, onde treina o Dorados de Sinaloa, da segunda divisão, quando médicos detectaram o sangramento. Por isso foram realizados exames adicionais e Maradona ficou internado em observação.

Horas mais tarde, Maradona recebeu alta hospitalar e foi para sua casa sem falar com a imprensa. Mas uma fonte do entorno do ex-jogador do Napoli e da seleção argentina disse à Reuters que ele fará novos exames nos próximos dias.

“A todos que realmente estão preocupados com meu pai, lhes conto que ele está bem”, disse no Twitter uma das filhas do ex-jogador Dalma Maradona.

A inesperada notícia da internação veio horas depois de o advogado de Maradona confirmar que ele será técnico no México pela segunda temporada consecutiva.

Maradona assumiu o problemático clube em setembro e levou-o aos playoffs, quando foram eliminados pelo Atlético San Luís.

“Diego Maradona acertou a permanência no Dorados de Sinaloa e será técnico da equipe por toda a temporada”, disse seu agente Matias Morla no Twitter, acrescentando que ele se juntaria à equipe para os treinos assim que passasse por “exames médicos de rotina na Argentina” solicitados pela Federação Mexicana de Futebol.

Por sua vez, o Dorados informou que o clube será dirigido nas primeiras partidas pelo auxiliar técnico, José María Martínez. “O clube solicitou, por causas médicas, que o treinador se apresente nas próximas partidas”, disse o clube em comunicado.

O episódio é o mais recente de uma série de internações hospitalares de Maradona ao longo dos anos, geralmente por conta de um estilo de vida extravagante que ajudou a torná-lo um dos futebolistas mais icônicos e admirados do Século 20.

A última vez que Maradona sentiu-se mal foi durante a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, quando ele foi filmado desmaiado em um camarote durante a partida da Argentina contra a Nigéria. Os argentinos venceram por 2 x 1 e garantiram vaga nas oitavas de final, quando foram eliminados pela França, seleção que acabou vencendo o Mundial.

Maradona, de 58 anos, foi hospitalizado em 2004 com graves problemas cardíacos e respiratórios ligados ao uso de cocaína. Ele posteriormente passou por reabilitação em Cuba e na Argentina, antes de uma operação de grampeamento do estômago para ajudá-lo a perder peso.

Em 2007 ele decidiu por conta própria se internar em uma clínica em Buenos Aires para ajudá-lo a superar problemas relacionados ao abuso do álcool.

Nos últimos meses ele caminhava com ajuda de muletas por causa de problemas nos joelhos.

Reportagem de Ramiro Scandolo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below