for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Jota marca três e Nuno é expulso em vitória dos Wolves nos acréscimos sobre o Leicester

(Reuters) - Diogo Jota marcou três vezes e garantiu nos acréscimos uma vitória incrível para o Wolverhampton Wanderers por 4 x 3 sobre o Leicester City neste sábado, em um dos melhores jogos da temporada do Campeonato Inglês até agora.

A vitória dos Wolves fez o Molineux explodir de alegria e levou até o vitorioso técnico Nuno Espirito Santo a comemorar a vitória com seus jogadores, o que acabou levando à sua expulsão.

O líder dos Wolves aceitou que estava errado em ficar tão empolgado e correr para o campo após a vitória, dizendo: “eu fui expulso – mas com razão. Você não pode entrar em campo.”

Ainda assim, ninguém pode culpá-lo por ficar empolgado demais após o Leicester ter virado duas vezes, a 2 x 0 e 3 x 2. O Leicester deve ter sentido que tinha ganhado um ponto para o técnico Claude Puel quando o capitão Wes Morgan fez 3 x 3 aos 42 minutos do segundo tempo.

Mas os Wolves, que começaram com dois gols em 12 minutos marcados por Jota e Ryan Bennett, não teriam a vitória negada, com Jota marcando seu terceiro gol aos 48.

“Em um jogo como esse, quando você ganha, você se sente o cara mais incrível do mundo”, disse Jota, que marcou mais gols em um jogo do que no resto da temporada até agora. “Este é o tipo de jogo a que eu assistia quando era criança e agora eu sou parte disso”.

Por Ian Chadband

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up