for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Osaka dispensa treinador Bajin após ascensão meteórica

Naomi Osaka conversa com técnico Sascha Bajin antes de partida em Brisbane 03/01/2019 REUTERS/Patrick Hamilton

(Reuters) - A tenista japonesa Naomi Osaka, campeã dos últimos dois torneios de Grand Slam, dispensou o treinador Sascha Bajin.

Naomi se tornou a tenista número um do mundo ao vencer o Aberto da Austrália no mês passado, e já havia derrotado Serena Williams na final do Aberto dos Estados Unidos em setembro.

“Não trabalharei mais com Sascha”, tuitou a japonesa de 21 anos radicada nos EUA.

“Agradeço-lhe por seu trabalho e lhe desejo o melhor no futuro.”

Bajin respondeu a Osaka com seu próprio tuíte.

“Obrigado, Naomi. Também só desejo o melhor a você”, escreveu.

“Foi uma grande emoção. Obrigado por me deixar fazer parte disso.”

Naomi contratou Bajin em 2017 e teve uma ascensão meteórica durante o tempo em que trabalharam juntos.

Por Andrew Both em Cary, Carolina do Norte

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up