for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Manchester United enfrentará 'motim' se Solskjaer não for efetivado como técnico, diz Neville

Técnico Ole Gunnar Solskjaer aplaude torcedores após partida do Manchester United contra o Liverpool em Old Trafford 24/02/2019 Action Images via Reuters/Lee Smith

(Reuters) - Gary Neville advertiu que haverá “motim” entre os torcedores do Manchester United se a diretoria do clube não efetivar Ole Gunnar Solskjaer como treinador permanente em Old Trafford.

O impacto de Solskjaer em um time do United que trabalhava sob o comando de José Mourinho até dezembro passado superou as expectativas, com a equipe invicta por 10 partidas da Premier League e também garantiu um lugar nas quartas-de-final da Copa da Inglaterra.

“Não acho que você possa dar (o cargo) para outra pessoa, senão haveria um motim”, disse o ex-zagueiro do United, que foi companheiro de equipe de Solskjaer no United entre 1996 e 2007, à Sky Sports.

“Os fãs estavam cantando para ele. Eu acho que está muito perto agora - não consigo ver o clube ficando longe disso.”

Lesões forçaram o norueguês a fazer as três substituições antes do intervalo no empate de domingo por 0 x 0 com o Liverpool, mas a torcida em Old Trafford cantou durante os 90 minutos, entoando o nome do treinador.

“Três meses atrás eles estavam cantando ‘ataque, ataque, ataque’ e hoje eles estavam cantando o nome de Ole Gunnar Solskjaer durante todo o segundo tempo”, acrescentou Neville.

“O clima mudou completamente - a atmosfera foi uma das melhores que vi em Old Trafford durante anos e foi 0 x 0! Se o Manchester United tivesse marcado, teria sido incrível.”

O United, que está a um ponto de alcançar o Arsenal pelo quarto lugar na tabela de classificação, deve visitar o Crystal Palace na quarta-feira.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up