March 5, 2019 / 8:29 PM / 7 months ago

Rússia discute sediar Recopa Sul-Americana em 2020

MOSCOU (Reuters) - A Rússia discute ser sede da Recopa Sul-Americana do ano que vem, disse o ministério dos Esportes do país, nesta terça-feira, embora não esteja claro se o ministério já conversou com a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) sobre essa ideia.

A Rússia é casa de uma série de novos estádios de futebol, construídos para a Copa do Mundo do ano passado e que receberam milhares de torcedores de países das Américas do Sul e Central.

“Na Rússia todo ano há centenas de eventos esportivos internacionais de diferentes tamanhos. Estamos interessados em fornecer nossas instalações esportivas aos torneios mais interessantes”, disse o ministro dos Esportes, Pavel Kolobkov, em um comunicado enviado por e-mail à Reuters.

A Conmebol recusou-se a comentar, no começo da terça-feira, ao ser questionada se conversava com a Rússia sobre o assunto.

A Recopa é disputada entre os vencedores das duas principais competições de clubes da América do Sul, a Copa Libertadores e a Copa Sul-Americana.

É geralmente realizada em partidas de ida e volta, cada um no estádio de um dos participantes.

O Grêmio venceu o Independiente, da Argentina, ano passado, e conquistou o título da Recopa Sul-Americana de 2018.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below