March 31, 2019 / 6:26 PM / 7 months ago

Hamilton vence no Barein em decepção para Leclerc

MANAMA (Reuters) - O pentacampeão mundial Lewis Hamilton, da Mercedes, teve sorte para vencer o Grande Prêmio do Barein neste domingo, depois que problemas no motor na fase final da corrida negaram o que seria a primeira vitória na Fórmula 1 para Charles Leclerc. 

O monegasco de 21 anos, que havia começado na pole position e terminado em terceiro, parecia prestes a se tornar o vencedor mais jovem da história da Ferrari, apenas em sua segunda corrida pela equipe italiana, quando seu carro começou a perder energia. 

Hamilton e o companheiro Valtteri Bottas, ambos até quatro segundos por volta mais rápidos que a ferida Ferrari, ultrapassaram Leclerc para assegurar a segunda dobradinha da Mercedes em duas corridas. 

“Foi extremamente infeliz para Charles”, disse Hamilton, ao cruzar a linha, com a corrida terminando atrás do carro de segurança, que foi à pista para retirar a Renault encalhada de Daniel Ricciardo. 

“Ele fez uma corrida tão boa. Temos trabalho a fazer para tirar esses caras do nosso retrovisor”, acrescentou o britânico, que abraçou Leclerc quando os dois saíram de seus carros. 

Os problemas de Leclerc completaram um dia já difícil para a Ferrari, que havia composto a primeira fila da largada, com a corrida de Sebastian Vettel prejudicada. 

O alemão, que terminou em quinto, rodou enquanto defendia o segundo lugar de Hamilton e depois perdeu a asa dianteira em um espetacular show de faíscas. 

O único consolo para Leclerc, no pódio pela primeira vez em sua carreira na Fórmula 1, foi um ponto extra por ter feito a volta mais rápida da prova. 

“Essa foi difícil de aceitar”, disse o jovem. “É uma pena terminar apenas em terceiro, mas faz parte do automobilismo e vamos voltar mais fortes.” 

A vitória de Hamilton no Barein foi a 74ª de sua carreira, mas a primeira nesta temporada. 

O britânico manteve-se em segundo no Mundial, mas agora está apenas um ponto atrás do líder Bottas, que venceu e marcou o ponto extra pela volta mais rápida na Austrália. 

Max Verstappen terminou em quarto lugar pela Red Bull, à frente de Vettel. 

O novato britânico Lando Norris guiou bem a McLaren para terminar em sexto lugar, à frente de Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, predecessor de Leclerc na Ferrari. 

O francês Pierre Gasly levou sua Red Bull ao oitavo lugar, à frente do piloto tailandês da Toro Rosso, Alexander Albon, e do mexicano Sérgio Pérez, que fechou a lista dos dez primeiros colocados pela Racing Point. 

Hamilton está a 17 vitórias do recorde de Michael Schumacher, com 91. 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below