April 8, 2019 / 10:07 PM / 7 months ago

Solskjaer diz que usa técnicas de gestão de equipe de Ferguson quando necessário

(Reuters) - O técnico do Manchester United, Ole Gunnar Solskjaer, aprendeu a sutil arte do gerenciamento de atletas com seu ex-comandante Alex Ferguson, e disse que não hesitará em colocar o método “secador de cabelo” em ação para tirar o melhor de seus jogadores.

Ole Gunnar Solskjaer, em partida Wolverhampton Wanderers v Manchester United no Molineux Stadium, em Wolverhampton

O tratamento “secador de cabelo” de Ferguson, no qual ele fica cara a cara com o jogador enquanto critica furiosamente seu desempenho, se tornou parte do folclore do futebol inglês.

Falando antes da primeira partida de quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, contra o Barcelona, na quarta-feira, Solskjaer afirmou que trabalhar sob o comando de Ferguson quando jogador e depois, como técnico, o garantiu saber quando confortar seus jogadores e quando atacá-los, ao estilo do escocês.

“No final da minha carreira, eu estava mais focado no que o técnico dizia. Você descobre que havia um padrão no que ele estava falando”, declarou Solskjaer em entrevista à ESPN.

“Ele abraçava ou pegava pesado com alguém para realmente tirar o melhor deles. Isso é o que mais aprendi com ele —como conseguia tirar o melhor de cada jogador”, completou.

“Há um padrão em como ele constrói sua equipe para acreditar: ‘Nós vamos fazer isso’. Eu usei algumas de suas conversas com o time. Você tem de planejar, não pode agir apenas com emoção.”

Sob a liderança de Solskjaer, anunciado como técnico efetivo do United no mês passado, após um período de sucesso como interino, o clube voltou a um mais familiar estilo ofensivo, uma marca dos times de Ferguson.

O técnico, de 46 anos, sugeriu que as técnicas que aprendeu com o escocês têm sido efetivas.

“Se seus filhos te desapontam, você deve dizer a eles. Se perceber que estão dando seu máximo, não acho que haja algum motivo para que você grite”, acrescentou Solskjaer.

“Às vezes você fala sensivelmente, às vezes você tem que levantar a voz. Quando ele (Ferguson) ia a um de seus ‘secadores de cabelo’ ou quando martelava as pessoas, havia uma razão... talvez ele estivesse apontando para um jogador para que os outros dez o ajudassem”, disse.

“Às vezes você tem de ir com força. Você faz isso quando está desapontado.”

Reportagem de Shrivathsa Sridhar em Bangalore

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below