for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Copa América reformulada terá jogos na Colômbia e na Argentina em 2020

Troféu da Copa América no Rio de Janeiro 24/01/2019 REUTERS/Sergio Moraes

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Copa América de 2020 terá uma reformulação do torneio, no qual seis times iniciarão a campanha em uma zona do norte da Colômbia e seis outros jogarão em uma zona do sul da coanfitriã Argentina, informou a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) nesta terça-feira.

A Argentina estará no grupo do sul, juntamente com Chile, Uruguai, Paraguai, Bolívia e um convidado ainda não revelado.

O Brasil estará no grupo do norte, juntamente com Colômbia, Venezuela, Equador, Peru e outra nação convidada.

Os times se enfrentarão uma vez em seus grupos, e os quatro melhores de cada grupo se classificarão para as quartas de final. A final será disputada na Argentina.

As mudanças são parte de uma iniciativa mais ampla para revitalizar competições sul-americanas de clubes e internacionais e alinhá-las mais à Europa.

A Conmebol abandonou sua tradição de seis décadas de realizar a final da Copa Libertadores no formato ‘dentro e fora de casa’ e sediará a decisão em um local neutro pela primeira vez neste ano, como a Liga dos Campeões.

A Copa América de 2020 será a quarta em seis anos. Uma edição do torneio será disputada em meados deste ano no Brasil. As autoridades querem que o torneio seja disputado ao mesmo tempo que o Campeonato Europeu, seu equivalente no Velho Continente.

Por Andrew Downie e Daniela Desantis

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up