April 10, 2019 / 2:50 PM / 6 months ago

Ministro olímpico do Japão renuncia após declarações ofensivas

Yoshitaka Sakurada, que renunciou ao cargo de ministro olímpico do Japão 02/10/2018 REUTERS/Issei Kato/File Photo

TÓQUIO (Reuters) - O ministro olímpico do Japão, Yoshitaka Sakurada, pediu demissão nesta quarta-feira depois de fazer comentários que ofenderam pessoas afetadas pelo forte terremoto seguido de tsunami que provocou danos em uma usina nuclear em 2011.

A renúncia de Sakurada ocorre apenas um ano antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

“O ministro Sakurada ofereceu sua renúncia, uma vez que fez comentários que ferem os sentimentos daqueles nas áreas afetadas pelo desastre”, disse o primeiro-ministro Shinzo Abe a repórteres após aceitar a renúncia de Sakurada.

“É a política inabalável do governo Abe fazer tudo o que pudermos para recuperar, mantendo o contato com os sentimentos das pessoas em áreas afetadas por desastres... Como primeiro-ministro, gostaria de oferecer minha profunda desculpa pelo comentário.”

Abe decidiu recorrer ao deputado Shunichi Suzuki, que era ministro olímpico antes de Sakurada assumir o cargo em outubro passado, para preencher a vaga, informou a emissora pública NHK.

Reportagem de Kiyoshi Takenaka

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below