April 27, 2019 / 5:53 PM / 8 months ago

Leclerc assume culpa por erro no treino em Baku

BAKU (Reuters) - Após desperdiçar a chance de ser pole position do Grande Prêmio do Azerbaijão, neste sábado, o piloto monegasco Charles Leclerc disse que teve vontade de “bater em si mesmo”.

    O ferrarista de 21 anos acertou a barreira de proteção da curva oito durante a segunda fase do treino classificatório, que já tinha sido interrompido, depois de ter dominado a primeira parte.

    O polonês Robert Kubica bateu sua Williams na mesma curva apertada na cidade antiga de Baku durante a primeira fase, causando uma paralisação de 30 minutos no treino.

    “Eu sou estúpido. Eu sou estúpido”, disse Leclerc à equipe pelo rádio antes de descer do carro e retornar à garagem. Em conversa com repórteres depois, ele disse ter merecido o que aconteceu.

    “Estou muito triste pelo que ocorreu, mas eu mereço. Tenho sido estúpido, como disse no rádio. Eu me acalmei, mas ainda acho que tenho sido estúpido. Isso não mudou”, disse.

    “Eu tentarei aprender com isso e voltar mais forte para, quem sabe, ter uma boa corrida amanhã”, disse o novato, que sairá na nona posição do grid, em um circuito onde ele já foi bem no passado. “A pole era possível hoje e joguei esse potencial no lixo.”    

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below