for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Wenger elogia Bielsa por permitir empate do Villa sobre o Leeds

Técnico do Leeds United, Marcelo Bielsa, grita durante o jogo contra o Aston Villa 28/04/2019 Action Images/Ed Sykes

(Reuters) - O espírito esportivo da decisão do técnico do Leeds United, Marcelo Bielsa, que permitiu ao adversário Aston Villa empatar a partida em 1 a 1 no domingo, é ainda mais memorável ante a situação do time no campeonato, avaliou o ex-treinador do Arsenal Arsene Wenger.

O Leeds, que tenta ser promovido à Premier League, marcou o gol de abertura com Mateusz Klich em meio a circunstâncias polêmicas, pois Jonathan Kodja, do Villa, encontrava-se lesionado no gramado, o que provocou uma confusão.

Anwar Al Ghazi, do Villa, acabou expulso por reclamação. Depois disso, Bielsa pediu a seus jogadores que deixassem o time visitante marcar um gol quando a partida fosse reiniciada.

“É um gesto memorável. Eles jogam para subir para a Premier League e há algo em jogo... o mundo inteiro assistiu a isso”, disse Wenger, que deixou o Arsenal em maio do ano passado depois de 22 anos no clube, ao canal beIN Sports.

O empate permitiu ao Sheffield United, em segundo na tabela, garantir a promoção à segunda divisão junto com o líder Norwich City, enquanto o Leeds, em terceiro, precisa agora vencer um playoff contra o West Bromwich e o próprio Villa.

A quarta vaga para a Premier League ainda deve ser decidida entre Derby County, Middlesbrough e Bristol.

Reportagem de Shrivathsa Sridhar em Bangalore

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up