May 13, 2019 / 10:40 PM / 5 months ago

Presidente da Conmebol acha inviável fase de grupos da Libertadores sem o VAR

Presidente da Conmebo, Alejandro Dominguez. 19/3/2019 REUTERS/Jorge Adorno

ASSUNÇÃO (Reuters) - O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, disse nesta segunda-feira que acha “inviável” que a fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores seja disputada sem a implementação do VAR. 

A entidade que comanda o futebol sul-americano introduziu em 2017 a vídeo-arbitragem nas fases eliminatórias de seus torneios de clubes e foi avançando progressivamente sua implementação até chegar às oitavas-de-final este ano. 

“Numericamente é um custo alto, mas me parece que depois de ver essa primeira fase da Copa Libertadores acho inviável que no próximo ano joguemos sem o VAR”, disse Domínguez a jornalistas ao ser perguntado sobre a possibilidade de ampliação do uso do vídeo na arbitragem do torneio. 

“Para mim é imperativo que a administração volte a gerar mais recursos para que possamos implementar o VAR desde a fase de grupos”, acrescentou. 

Além disso, o dirigente afirmou que a Conmebol não pode “exigir” que nenhuma associação integrante da organização implemente o VAR em seus torneios locais, mas que pode oferecer assistência e recursos aos interessados. 

“É um tema que cada país tem que avaliar em função do orçamento e do sistema do campeonato”, explicou. 

Reportagem de Mariel Cristaldo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below