for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Maratonista do Barein medalhista de prata na Rio 2016 é suspensa por doping

Maratonista Eunice Kirwa, do Barein, ganhadora da medalha de prata nos Jogos Rio 2016 14/08/2016 REUTERS/Jonannes Eisele/Pool

(Reuters) - A maratonista Eunice Kirwa, do Barein, ganhadora da medalha de prata nos Jogos Rio 2016, foi suspensa provisoriamente depois de ser flagrada em um exame de doping, anunciou a Unidade de Integridade no Atletismo (AIU) em comunicado.

Um exame de Kirwa, que nasceu no Quênia e passou a correr pelo Barein em 2013, deu positivo para eritropoietina (EPO), um hormônio proibido que melhora a resistência.

“A AIU confirma uma suspensão provisória da... corredora de longa distância do Barein Eunice Jepkirui Kirwa... devido a uma violação das Regras Antidoping da IAAF (Associação Internacional de Federações de Atletismo)”, disse a AIU.

Eunice se torna a segunda maratonista medalhista da Rio 2016 a ser flagrada pelo uso da mesma substância -- a queniana Jemima Sumgong, medalha de ouro, foi suspensa por quatro anos pela agência antidoping de seu país em 2017.

A AIU aumentou a punição de Jemima para oito anos depois que a IAAF a considerou culpada de fornecer informações falsas ao se defender da sanção inicial, mas ela teve permissão de manter a medalha de ouro mesmo após o exame positivo em abril de 2017.

Por Rohith Nair em Bengaluru

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up