for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Neymar deixa treino da seleção mancando e com dores no joelho

Neymar durante treino da seleção brasileira em Teresópolis 28/05/2019 REUTERS/Ricardo Moraes

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O atacante Neymar deixou o treino da seleção brasileira nesta terça-feira na Granja Comary, em Teresópolis, mancando e com dores no joelho e está em observação.

O atacante sofreu o desconforto no joelho esquerdo após uma finalização durante a atividade. Ele ainda tentou uma volta ao treino, mas evitou um esforço desnecessário. Neymar foi assistido pelos médicos da seleção brasileira.

Segundo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Neymar “já iniciou tratamento e segue em observação”. O atacante vem de um histórico de lesões de 2018 para cá, com duas contusões no pé, sendo que uma delas o obrigou a fazer uma cirurgia às vésperas da Copa do Mundo da Rússia. Neste ano ele teve a mesma contusão, mas não precisou ser operado.

O atacante perdeu a braçadeira de capitão da seleção para o veterano Dani Alves, de 36 anos. O comportamento extra-campo de Neymar influenciou na decisão do técnico Tite. O treinador recebeu nesta terça mais cinco convocados para a Copa América, que será disputada no Brasil, e o grupo conta agora com 16 atletas.

Se apresentaram nesta terça Arthur, Marquinhos, Éder Militão, Philippe Coutinho e o capitão Dani Alves. O grupo só deve estar completo na semana que vem.

Antes da estreia na Copa América, o Brasil faz amistosos contra Catar e Honduras.

Reportagem de Rodrigo Viga Gaier

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up