for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Espanha sai atrás, mas consegue virada sobre África do Sul na Copa do Mundo feminina

Espanhola Lucía García comemora gol marcado contra a África do Sul em partida da Copa do Mundo de futebol feminino 08/06/2019 REUTERS/Phil Noble

LE HAVRE, França (Reuters) - Jennifer Hermoso converteu dois pênaltis, e a substituta Lucía García acrescentou o terceiro, no último minuto, na vitória da Espanha, de virada, contra a África do Sul, na Copa do Mundo de futebol feminino neste sábado.

Hermoso converteu pênaltis aos 24 e aos 37 minutos do segundo tempo, dando à Espanha um começo vitorioso no Grupo B, depois que a África do Sul, em sua primeira participação no Mundial, assumiu a liderança do placar de maneira surpreendente no primeiro tempo.

O primeiro pênalti foi marcado em um toque de mão da capitã sul-africana Janine van Wyk, e o segundo saiu de uma solada da lateral Nothando Vilakazi em García, que rendeu à Vilakazi o segundo cartão amarelo e a expulsão.

A África do Sul esboçou a zebra depois que Thembi Kgatlana acertou um poderoso chute de fora da área por cima da goleira espanhola Sandra Panos, aos 25 minutos.

O gol saiu depois que as sul-africanas haviam resistido ao domínio inicial da Espanha, defendendo bem e começando a ameaçar nos contra-ataques.

Eleita melhor jogadora africana deste ano, Kgatlana poderia ter ampliado para 2 x 0, mas perdeu uma oportunidade clara na segunda trave, aos 12 minutos do segundo tempo, pouco depois de Hermoso quase empatar, ao acertar o travessão.

Mas a condição física superior da Espanha fez as europeias dominarem a última meia hora e houve outras chances para um placar mais amplo.

O gol de García saiu de um passe pelo meio que a encontrou ganhando da defesa na velocidade.

Reportagem de Mark Gleeson na Cidade do Cabo

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up