for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

RD Congo pede desculpas por derrota surpreendente para Uganda na Copa Africana

CAIRO (Reuters) - A seleção da República Democrática do Congo pediu desculpas a seus compatriotas pela inesperada derrota no jogo de abertura da Copa Africana de Nações no sábado, contra a subestimada Uganda.

Tanto o capitão Youssouf Mucumbu, que não jogou na derrota por 2 x 0, quanto Chacel Mbemba, que usou a braçadeira durante a partida, pediram desculpas em uma mensagem gravada que foi distribuída pelo Twitter (@Leopard Leader Foot).

“Nós viemos até vocês simplesmente para pedir desculpas. É verdade que é difícil, mas temos que fazer isso”, disse Mucumbu, acompanhado pelo técnico Florent Ibenge e alguns companheiros de time.

“Precisamos de unidade e é verdade que nós os decepcionamos. Espero que tenha sido uma boa lição para nós. Ainda temos duas partidas, precisamos do seu apoio e vamos corrigir a situação muito rapidamente”.

“Cometemos um grave erro. Eu sei que é humilhante para os 90 milhões de congoleses. É por isso que, com sinceridade e a mão no coração, pedimos desculpas”.

Mbemba também expressou os mesmos sentimentos em uma curta fala.

Os congoleses levaram os dois em jogadas de bola parada - o primeiro em um escanteio, o segundo em uma falta, marcados respectivamente por Patrick Kaddu e Emmanuel Okwi, na primeira vitória de Uganda na competição em mais de 40 anos.

Após a derrota, soube-se que os congoleses tiveram que cancelar sua última sessão de treinos na véspera do jogo de sábado porque membros da seleção foram forçados a passar por exames médicos em um hospital no Cairo, uma vez que a federação de futebol do país não forneceu certificados de saúde exigidos pelos organizadores do torneio.

Agora, o time enfrenta um difícil desafio para avançar além da primeira rodada da Copa. A República Democrática do Congo enfrentará o anfitrião Egito na quarta-feira, antes de enfrentar o Zimbábue no próximo domingo, em seu último jogo pelo Grupo A.

Por Mark Gleeson

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up