July 23, 2019 / 1:43 PM / 3 months ago

Preparativos para Jogos de Tóquio 2020 estão em dia, diz COI

TÓQUIO (Reuters) - Tóquio está muito bem encaminhada para a realização da “compacta” Olimpíada de 2020 que prometeu ao receber o direito de sediar o evento seis anos atrás, disse o chefe da Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta terça-feira.

Evento no estádio olímpico de Tóquio para marcar contagem regressiva de 1 ano para abertura da Olimpíada 22/07/2019 REUTERS/Issei Kato

Na quarta-feira faltará um ano para a cerimônia de abertura dos Jogos no Estádio Nacional quase finalizado, e os organizadores acreditam que estão em dia para realizar os Jogos.

“Estamos muito satisfeitos que a realização dos Jogos continue bem encaminhada”, disse John Coates, que está em Tóquio examinando os preparativos em meio a vários eventos que marcam o intervalo de um ano.

“O entusiasmo está crescendo aqui. Vocês viram o interesse inédito na venda de ingressos”, disse ele a repórteres.

Cerca de 3,22 milhões de ingressos foram vendidos durante a primeira fase de vendas no Japão no mês passado, surpreendendo tanto os organizadores que sua política de vendas teve que ser reformulada.

Mais de 200 mil pessoas no Japão e no exterior também se inscreveram como voluntárias nos Jogos, mais um indício da empolgação crescente no país.

A renda de patrocínios locais superou 3 bilhões de dólares, mais do que em qualquer outra Olimpíada — o que é necessário, já que os organizadores da Tóquio 2020 estão lutando contra a elevação dos gastos.

Cifras orçamentárias divulgadas em dezembro de 2018 apontaram custos totais de 12,6 bilhões de dólares, muito acima da estimativa original de pouco menos de 7 bilhões de dólares.

Como todos os locais de competição recém-construídos e reformados estão a caminho de ser finalizados no prazo, os organizadores entram na reta final com poucas dores de cabeça.

Mas o quadro nem sempre foi esse. Tsunekazu Takeda renunciou à presidência do Comitê Olímpico Japonês no ano passado após alegações de suposta corrupção em relação à candidatura olímpica, e em 2015 os organizadores tiveram que descartar o logotipo original devido a acusações de plágio.

Também há preocupações sobre quão quente Tóquio pode ser para atletas e espectadores.

Uma onda de calor recorde em julho de 2018 matou mais de uma dúzia de pessoas em Tóquio, que teve uma temperatura mensal média de mais de 30 graus Celsius pela primeira vez desde 1998.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below