for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Hamilton é o mais rápido em dia úmido na Hungria

Max Verstappen participa de treino para o GP da Hungria 02/08/2019 REUTERS/Lisi Niesner

BUDASPETE (Reuters) - O campeão de Fórmula 1 Lewis Hamilton da Mercedes foi o mais rápido no cômputo geral dos treinos para o Grande Prêmio da Hungria desta sexta-feira, quando a chuva limitou o tempo dos pilotos na pista de tarde.

Diante de torcedores encharcados e encolhidos sob capas de plástico e guarda-chuvas, Pierre Gasly e Max Verstappen, da Red Bull, encerraram o dia na liderança dos cronômetros na segundo sessão chuvosa de 90 minutos, e Hamilton ficou em terceiro.

Mas a volta de 1min17seg233 do britânico de manhã foi a melhor do dia. Gasly conseguiu cravar 1min17seg854 com os pneus macios e mais rápidos de tarde, quando a pista ainda estava indicada para pneus lisos.

“Hoje à tarde só dei algumas voltas com o pneu duro, depois paramos porque correr no molhado é meio irrelevante quando você sabe que é mais provável que a corrida seja seca”, disse Hamilton.

Alexander Albon, da Toro Rosso, bateu pouco depois dos primeiros pingos de chuva, e o tailandês admitiu que errou depois de ir parar na grama na última curva, um incidente que acionou a bandeira vermelha brevemente.

Valtteri Bottas, colega de equipe de Hamilton, perdeu a primeira sessão enquanto seus mecânicos trocavam o motor do carro, mas voltou depois do almoço e fez a quarta volta mais rápida.

Mas o tempo perdido foi um revés para o finlandês, que bateu na pista molhada de Hockenheim na semana passada, justamente quando parecia prestes a diminuir a vantagem de Hamilton, e terminou a prova 41 pontos atrás no campeonato.

Bottas fez seu melhor tempo com pneus médios, e o pentacampeão Hamilton usou os pneus de borracha mais lentos na segunda sessão.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up