August 6, 2019 / 6:00 PM / 3 months ago

Ferrari precisa de uma pausa, diz ex-diretor técnico Brawn

Pit-stop da Ferrari durante testes para GP da Hungria de F1 03/08/2019 REUTERS/Bernadett Szabo

LONDRES (Reuters) - Sebastian Vettel terá passado um ano sem nenhuma vitória quando a Fórmula 1 se reagrupar na Bélgica no final do mês, e o piloto da Ferrari terá muito o que pensar durante a pausa de agosto.

O alemão tetracampeão mundial venceu pela última vez em Spa-Francorchamps em 26 de agosto do ano passado, e a corrida deste ano acontece no dia 1º de setembro.

    Vettel teve períodos de seca mais longos com a Ferrari, que não venceu nenhuma prova em 2016, mas este ano está sendo particularmente decepcionante porque a equipe italiana parecia muito veloz nos testes da pré-temporada.

No entanto, em vez de lutar por seu primeiro título em 11 anos, a Ferrari ainda busca um triunfo em 2019 e chega à segunda metade da temporada correndo o risco de ser superada por uma Red Bull ressurgente.

    Vettel, o piloto mais bem colocado da Ferrari, está 94 pontos atrás do líder Lewis Hamilton, da Mercedes, e em quarto lugar no campeonato.

    “A pausa do verão provavelmente chegou no momento certo, porque estou bem ciente de como a pressão pode se acumular na Ferrari quando as coisas não vão bem”, disse Ross Brawn, ex-diretor técnico da Ferrari e hoje diretor-gerente de automobilismo da F1.

    “Não fará nenhum mal dar uma respirada e recarregar as baterias”, acrescentou o britânico, que trabalhou com o heptacampeão Michael Schumacher na Ferrari.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below