for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

México permanece no calendário da Fórmula 1 até 2022

Lewis Hamilton, da Mercedes, durante GP do México de F1 28/10/2018 REUTERS/Andres Stapff

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O México continuará no calendário da Fórmula 1 por mais três anos, após a assinatura de um novo contrato nesta quinta-feira.

A F1 disse que a corrida será rebatizada como Grande Prêmio da Cidade do México a partir de 2020 para ressaltar o apoio das autoridades municipais.

“Estamos satisfeitos por ter renovado nossa parceria com a Cidade do México, que agora sediará o Grande Prêmio mexicano de Fórmula 1 ao menos até 2022”, disse o presidente e diretor-executivo da F1, Chase Carey.

A prefeita da Cidade do México, Claudia Sheinbaum, disse em um comunicado que o acordo se baseou em um novo modelo de financiamento sem uso de recursos públicos.

“O governo da Cidade do México será um intermediário, criando um truste que arrecadará o investimento privado exigido para realizar este evento internacional”, disse. Os preços dos ingressos não mudarão.

Com a confirmação do México, o calendário de 2020 deve aumentar de 21 para 22 corridas, já que haverá uma nova prova no Vietnã e o GP da Holanda voltará, enquanto a corrida na Alemanha não deve continuar.

Por Alan Baldwin, em Londres

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up