for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Conmebol designa brasileira e paraguaia para equipe de arbitragem em jgos da Copa Sul-Americana

ASSUNÇÃO (Reuters) - A brasileira Edina Alves e a paraguaia Zulma Quiñónez formarão parte da equipe de arbitragem em partidas da segunda fase da Copa Sul-Americana de futebol, uma decisão que marca o retorno de árbitras ao torneio depois de 15 anos, informou a Conmebol nesta segunda-feira.

Zulma também fará história ao ser a primeira árbitra de seu país a participar de um torneio continental, completou a Conmebol em sua conta no Twitter.

A árbitra paraguaia será a quarta juíza da partida entre o uruguaio River Plate e o peruano Atlético Grau, na terça-feira em Montevidéu.

Edina, por sua vez, será a quarta árbitra no mesmo dia no encontro entre o paraguaio River Plate e colombiano Deportivo Cali em Assunção.

A Conmebol informou que o único histórico que tem registrado da designação de uma mulher para arbitrar um torneio de futebol masculino continental é da brasileira Silvia Regina de Oliveira na Copa Sul-Americana de 2003.

Reportagem de Mariel Cristaldo

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up