for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

"Racismo venceu", diz zagueiro do Chelsea Rudiger

(Reuters) - O zagueiro do Chelsea Antonio Rudiger afirmou que o “racismo venceu” e que ele foi feito de “bode expiatório” depois que o Tottenham Hotspur e a polícia de Londres disseram não ter encontrado evidências que sustentassem sua alegação durante jogo do Campeonato Inglês em dezembro.

Rudiger se envolveu em um incidente em que Son Heung-min, do Tottenham, recebeu cartão vermelho e indicou em seguida que havia sido vítima de gestos de macacos por parte da torcida local.

Entretanto, o Spurs e a Polícia Metropolitana disseram que não encontraram evidência de abuso racial.

“O racismo venceu. Os agressores podem sempre voltar ao estádio, o que mostra que essas pessoas venceram”, disse Rudiger segundo a Sky Sports após o Chelsea derrotar o Tottenham por 2 x 1 no sábado.

Reportagem de Shrivathsa Sridhar em Bengaluru

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up