for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Djokovic comanda ajuda a tenistas com dificuldades financeiras

Sérvio Novak Djokovic comemora ponto em partida final contra Stefanos Tsitsipas 29/02/2020 REUTERS/Ahmed Jadallah

MUMBAI (Reuters) - Novak Djokovic pediu que o mundo do tênis contribua para um fundo destinado a jogadores que estão com dificuldades financeiras durante a paralisação do esporte devido ao novo coronavírus e mostre aos profissionais de ranking inferior que eles não foram esquecidos.

O ATP Tour masculino, a WTA, que administra o circuito feminino, juntamente com a Federação Internacional de Tênis e os organizadores dos quatro Grand Slams estão criando um fundo para ajudar os atletas atingidos pela suspensão dos eventos.

A temporada de tênis foi suspensa em março por causa da pandemia de Covid-19 e a paralisação continuará pelo menos até meados de julho, privando os jogadores de ranking inferior, que dependem apenas dos ganhos dos torneios, de obter rendimentos.

Chefe do conselho de jogadores da ATP, Djokovic já havia proposto um modelo para tenistas de alto escalão doarem recursos após discussões com os colegas Roger Federer e Rafael Nadal.

“Tenho realmente o privilégio de poder usar meu status de jogador importante que pode, neste momento, aumentar a conscientização sobre os atletas que estão sofrendo”, disse o número 1 do mundo durante conversa no Instagram com o italiano Fabio Fognini na terça-feira.

“Eu pessoalmente ganhei dinheiro suficiente para viver por muitos anos sem jogar tênis.”

Djokovic não quis divulgar o tamanho do fundo antes de um anúncio oficial, mas disse que vários milhões de dólares seriam arrecadados.

“Os jogadores individualmente podem ajudar o quanto quiserem”, afirmou Djokovic.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up