for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Hamilton diz que falta de corridas o deixou com um "grande vazio"

Piloto Lewis Hamiton durante coletiva de imprensa em Melbourne, Austrália 12/03/2020 REUTERS/Edgar Su/

(Reuters) - O hexacampeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton disse que sente falta de competir todos os dias e que a ausência de corridas neste ano devido à pandemia de Covid-19 deixou um “grande vazio” em sua vida.

O Grande Prêmio da França em Le Castellet, em junho, foi cancelado na segunda-feira, tornando-se a décima prova atingida pelo surto, no que seria uma temporada recorde com 22 corridas.

A Fórmula 1 prevê começar sua temporada na Áustria em julho, sem torcida, antes de terminar em Abu Dhabi em dezembro, depois de corridas na Ásia e nas Américas.

“Sinto falta de correr todos os dias. É a primeira vez desde os 8 anos que não inicio uma temporada. Quando você vive e respira algo que ama, há definitivamente um grande vazio”, disse o piloto da Mercedes nas redes sociais.

O britânico de 35 anos, que adotou um estilo de vida vegano e é defensor das questões ambientais, disse que há alguns pontos positivos a serem tirados da crise, uma vez que as pessoas refletem sobre suas vidas, decisões, objetivos e carreiras.

“Hoje, vemos céus mais claros em todo o mundo, menos animais sendo abatidos, para nossa satisfação, simplesmente porque nossas demandas são muito menores”, acrescentou.

“Não vamos voltar da mesma maneira que entramos neste momento difícil, vamos sair com um conhecimento melhor do nosso mundo, mudando nossas escolhas e hábitos pessoais.”

Reportagem de Shrivathsa Sridhar em Bengaluru

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up