for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

COI continua "totalmente comprometido" com realização da Olimpíada de Tóquio em 2021

Anéis olímpicos em frente ao edifício do COI em Lausanne, na Suíça 14/05/2020 REUTERS/Denis Balibouse

BERNA (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) continua completamente comprometido com a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021, e está considerando diversos cenários para que sejam realizados com segurança, afirmou o presidente da entidade, Thomas Bach, nesta quarta-feira.

O Japão e o COI adiaram em março os Jogos de Tóquio para 2021 por conta da pandemia global de Covid-19. Os organizadores desde então já se pronunciaram tentando simplificar o evento, reduzir seus custos e garantir a segurança dos atletas.

Bach disse que a comissão de coordenação do COI havia reportado “trabalho em progresso muito bom” e que mais detalhes seriam oferecidos em uma sessão completa do COI que acontecerá por videoconferência na sexta-feira.

“Continuamos totalmente comprometidos com a celebração de Tóquio 2020 no ano que vem em julho e agosto”, disse Bach a jornalistas em uma teleconferência.

“O COI inteiro está seguindo o princípio que estabelecemos antes do adiamento (em março) de que a primeira prioridade é a Segurança de todos os participantes”, afirmou.

“Continuamos guiados pelos conselhos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e baseados nesses conselhos estamos preparando múltiplos cenários”, acrescentou. “Não sabemos como estará a situação de Saúde daqui um ano”.

Bach afirmou que a realização de eventos sem público era claramente algo que o COI não gostaria.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up