for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Tóquio abre instalações vazias dos Jogos para uso público

12/03/2020 REUTERS/Edgard Garrido/

TÓQUIO (Reuters) - As instalações da Olimpíada de Tóquio estariam lotadas com os principais atletas do mundo e torcedores, mas, por causa da pandemia de coronavírus, agora estão sendo abertas para uso das federações esportivas e do público.

O recém-construído Centro de Canoagem Slalom foi inaugurado na segunda-feira para a prática de atletas, enquanto o recentemente renovado Centro de Natação Tatsumi, que receberá o pólo aquático, estará disponível para uso em meados de agosto.

O governo metropolitano de Tóquio disse que planeja também abrir outros locais olímpicos nos próximos meses, embora isso possa mudar dependendo da situação do coronavírus.

Os Jogos de Tóquio começariam na sexta-feira passada, mas foram adiados para 2021.

A conta dos Jogos havia atingido 12,6 bilhões de dólares antes do adiamento. O Comitê Olímpico Internacional estima que o adiamento custará 800 milhões de dólares, enquanto o Japão ainda não fez uma estimativa de quanto o adiamento custará ao país.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up