for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Sevilla bate Wolves com gol no fim e se garante nas semis da Liga Europa; Shaktar também avança

Lucas Ocampos comemora gol marcado em vitória do Sevilla 11/08/2020 Pool via REUTERS/Friedemann Vogel

DUISBURGO, Alemanha (Reuters) - O meia argentino Lucas Ocampos marcou de cabeça nos minutos finais e colocou o Sevilla nas semifinais da Liga Europa com uma vitória por 1 x 0 sobre o Wolverhampton Wanderers, que pagou caro por um pênalti desperdiçado pelo mexicano Raúl Jiménez no início da partida.

A cobrança de Jiménez foi defendida pelo goleiro Bono aos 12 minutos de jogo e permitiu que a equipe treinada por Julen Lopetegui, ex-treinador do Real Madrid e da seleção espanhola, tomasse o controle da partida.

O Sevilla, cinco vezes vencedor do torneio e que enfrentará o Manchester United nas semifinais, em Colônia, no domingo, teve 73% da posse de bola. Por outro lado, o Wolverhampton, que disputou a primeira partida de quartas de final em uma competição europeia em 48 anos, pareceu sentir os efeitos da maratona de 59 partidas disputadas na temporada -- 17 delas pela Liga Europa.

A equipe espanhola aproveitou o cansaço dos ingleses e se mostrou muito mais perigosa nos minutos finais, e encontrou o gol após um cruzamento do argentino Ever Banega desviado por Ocampos de cabeça, que matou o goleiro português Rui Patrício.

Na outra partida do dia, o Shaktar Donetsk também avançou para as semifinais da competição com uma goleada por 4 x 1 sobre o FC Basel com gols 100% brasileiros anotados por Junior Moraes, Taison, Alan Patrick e Dodô.

A equipe ucraniana enfrentará a Inter de Milão na próxima segunda-feira, em Düsseldorf, na partida que vale vaga na final no dia 21 de agosto em Colônia.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up