for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Michael Jordan forma equipe da Nascar

Michael Jordan durante entrevista coletiva em Paris 24/01/2020 REUTERS/Benoit Tessier

(Reuters) - O astro do basquete Michael Jordan e Denny Hamlin, três vezes vencedor do Daytona 500, fizeram uma parceria para formar uma nova equipe da Nascar Cup Series que contará com Bubba Wallace como piloto, anunciou o trio na segunda-feira.

Jordan, seis vezes campeão da NBA, será o principal proprietário da equipe, com Hamlin como parceiro minoritário, enquanto ele continua pilotando pela Joe Gibbs Racing.

Wallace, único piloto negro na divisão principal da Nascar, esteve no centro das atenções este ano quando seu pedido para que a Nascar proibisse a bandeira dos confederados --que muitos norte-americanos veem como um símbolo de opressão-- em todos os eventos foi finalmente adotado.

Posteriormente, o piloto foi considerado vítima de um ataque racial quando uma corda, símbolo ligado ao linchamento e à história dos escravos dos EUA, foi encontrada em sua garagem.

O Departamento de Justiça dos EUA disse depois de uma investigação que a corda poderia estar na garagem desde outubro passado e que Wallace não foi alvo de um crime de ódio, enquanto a Nascar afirmou que a corda foi usada para puxar a porta da garagem.

“Historicamente, a Nascar tem lutado sobre a diversidade e há poucos proprietários negros”, disse Jordan em um comunicado. “O momento parecia perfeito, pois a Nascar está evoluindo e abraçando cada vez mais as mudanças sociais.”

Jordan acrescentou que viu isso como uma chance de “educar um novo público e abrir mais oportunidades para os negros nas corridas”.

Reportagem de Frank Pingue em Toronto

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up