10 de Junho de 2008 / às 19:21 / em 9 anos

Espanha goleia Rússia por 4 x 1 com 3 gols de David Villa

Por Simon Baskett

<p>Espanha goleia R&uacute;ssia por 4 x 1 com 3 gols de David Villa. O atacante David Villa comemora gol com Fernando Torres. Villa marcou tr&ecirc;s gols e ajudou a Espanha a golear a sele&ccedil;&atilde;o da R&uacute;ssia por 4 x 1, em sua estr&eacute;ia na Eurocopa 2008. 10 de junho. Photo by Alexander Demianchuk</p>

INNSBRUCK (Reuters) - O atacante David Villa marcou três gols e ajudou a Espanha a golear a seleção da Rússia por 4 x 1, em sua estréia na Eurocopa 2008, nesta terça-feira.

Villa fez o primeiro ao empurrar a bola para as redes depois que seu companheiro de ataque Fernando Torres tirou o goleiro Igor Akinfeyev da jogada, aos 20 minutos do primeiro tempo.

Antes do intervalo, ele ampliou a vantagem aproveitando passe do meia Andres Iniesta. O terceiro do artilheiro saiu aos 30 do segundo tempo, com um chute rasteiro depois de driblar um zagueiro russo.

A Rússia conseguiu marcar com Roman Pavlyuchenko, de cabeça, após cobrança de escanteio, antes de Cesc Fabregas aumentar, também de cabeça, nos acréscimos do segundo tempo.

“Foi ótimo conseguir três gols, e é um bom início para a equipe”, disse Villa a jornalistas. “É importante ganhar esta, mas temos que nos lembrar que é apenas a primeira de três”.

A Espanha, que também bateu a Rússia, por 1 x 0, na partida de estréia da Eurocopa de 2004, passou confiança em sua estréia no Grupo D no estádio Tivoli Neu.

A equipe de Luis Aragonés engrenou rapidamente com seu jogo de passes rápidos e curtos e teve boas chances logo no início, com Torres e Villa, que bateram para fora.

A Rússia também ameaçou com Zhirkov e Pavlyucheko, trazendo uma tarefa difícil para o quarteto defensivo espanhol.

Mas a Espanha logo neutralizou a partida quando Torres recebeu um passe de 30 metros de Joan Capdevilla e colocou Villa na frente do gol.

Dois minutos depois, a Rússia quase empatou quando Konstantin Zyryanov acertou a trave.

Torres ainda teve algumas chances de marcar para os espanhóis, mas o enérgico artilheiro Villa roubou a cena.

“Estou feliz mas acho que tivemos sorte no primeiro tempo”, disse o técnico Aragonés. “Eles pressionaram muito, mas conseguimos o primeiro gol no contra-ataque”.

O técnico da Rússia, Guus Hiddink afirmou: “Fomos pegos no contra-ataque por nossos próprios erros. Fomos punidos por situações muito ingênuas. Foi uma dura lição e espero que possamos aprender com nossos erros”.

Pela primeira vez na Euro 2008, um mesmo jogador marcou três gols na partida e nenhum cartão amarelo foi mostrado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below