12 de Agosto de 2008 / às 08:12 / 9 anos atrás

Nadadora francesa Manaudou pode desistir dos Jogos

Por Julien Pretot

<p>Nadadora francesa Laure Manaudou olha para o placar ap&oacute;s terminar em 7o na finak dis 100m costas nos Jogos de Pequim. Photo by Jason Reed</p>

PEQUIM (Reuters) - A francesa Laure Manaudou deixou o Cubo d’Água depois de ficar em sétimo na final dos 100 metros costas, com a cabeça coberta por uma toalha, tentando segurar as lágrimas e sugerindo que essa pode ter sido sua última prova em Pequim.

“Estou me perguntando se significa alguma coisa continuar”, disse ela na terça-feira, às lágrimas. “Não sei..., nem tenho vontade de nadar. É duro nadar e terminar em sétimo ou oitavo.”

Manaudou ainda está inscrita nos 200 metros costas e no revezamento 4x100m medley, mas o mau resultado na terça-feira, um dia depois de perder o título dos 400m livre para a britânica Rebecca Adlington, arrematou 15 péssimos meses para a antiga queridinha da França.

Em Atenas-2004, aos 17 anos, ela conquistou a primeira medalha de ouro da natação francesa desde o título de Jean Boiteux nos 400m livre em 1952. Desde maio de 2007, entretanto, a sua vida pessoal desmoronou.

Ela trocou de treinador três vezes e mudou-se da França para a Itália devido ao namoro com o nadador Luca Marin, mas o relacionamento terminou meses depois. Para completar, ela ainda foi dispensada pelo clube italiano LaPresse Nuoto, supostamente por mau comportamento.

Depois, surgiram fotos dela nua na internet, e logo em seguida sua performance começou a piorar.

E para piorar as coisas, a força dela nos 400m livre foi por água abaixo quando a italiana Federica Pellegrini, que agora está namorando Marin, registrou a nova marca mundial em março deste ano.

Pellegrini também quebrou o recorde de Manaudou nos 200m livre na segunda-feira, nas eliminatórias em Pequim.

A francesa não disputará os 200m na Olimpíada por ter desistido da prova no campeonato francês em abril. A desistência dela aconteceu um dia depois de ter caído em lágrimas por sua primeira derrota nos 400m.

Apesar das insinuações de que poderia desistir, o técnico de Manaudou, Lionel Horter, está confiante de que ela disputará as eliminatórias dos 200m costas na quinta-feira.

“Acho que ela estará na largada dos 200m costas”, disse Horter. “Eu vou atiçar o orgulho de campeã que está dentro dela.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below