13 de Agosto de 2008 / às 15:01 / em 9 anos

CURTAS-Marcelinho ouve choro do filho recém-nascido por telefone

PEQUIM (Reuters) - O telefone foi a saída encontrada pelo levantador da seleção brasileira de vôlei Marcelinho para acompanhar o parto do filho Pedro, que nasceu na terça-feira, manhã do dia 13 na China, em um hospital do Rio de Janeiro, com 45 centímetros e 2,4 quilos. A mãe Raquel e o filho estão bem.

“Estou vivendo uma sensação diferente, sou pai agora, é um momento maravilhoso na minha vida. Escutei o choro do Pedro pelo telefone, a anestesista colocou para eu ouvir no viva-voz, no centro cirúrgico”, disse Marcelinho.

CANOAGEM SURPREENDE

Única representante do Brasil na canoagem slalom e primeira mulher da modalidade a representar o país em um torneio olímpico, Poliana Aparecida de Paula, de 18 anos, surpreendeu na quarta-feira ao se classificar para a semifinal.

“Na primeira bateria eu estava nervosa e rendi abaixo do que pretendia. Na segunda vez, mais relaxada, melhorei o tempo e consegui a pontuação necessária para passar à próxima fase. Superou todas as nossas expectativas”, disse Poliana, última atleta brasileira a obter vaga para os Jogos de Pequim.

BOXE AVANÇA

O mosca-ligeiro (até 48 quilos) Paulo Carvalho venceu o marroquino Redouan Bouchtouk por 13 a 7 e avançou à segunda rodada do boxe dos Jogos Olímpicos.

TÊNIS DE MESA PERDE

A equipe brasileira de tênis de mesa perdeu os dois confrontos que disputou nesta quarta-feira, para Taipé e Coréia do Sul, ambos por 3 x 1.

ESGRIMA FORA

A competição de esgrima dos Jogos Olímpicos acabou para o Brasil após a derrota de João Antônio Souza para o japonês Yuki Ota por 15 a 4 no florete individual.

Renzo Agresta, no sabre, já havia sido eliminado na terça-feira.

PHELPS ONLINE

O nadador norte-americano Michael Phelps não foi apenas o mais balado na primeira semana dos Jogos, mas também o que mais causou furor online.

Uma análise sobre discussões online em blogs e sites do gênero feita pela Nielsen Online verificou que Phelps foi o assunto mais discutido entre 50 atletas de alto nível que disputam as competições de natação, basquete, ginástica e vôlei de praia.

Entre esses quatro esportes, os nadadores lideraram no geral com 46 por cento das discussões entre 4 e 10 de agosto, seguidos pelos jogadores de basquete com 38 por cento. Os ginastas ficaram com 9 por cento e os jogadores de vôlei de praia, com 7 por cento.

“Quando outras competições chegarem ao clímax e as provas de atletismo começarem, será interessante acompanhar os favoritos dos fãs online”, disse o porta-voz da Nielsen Online.

“EXTREMAMENTE INCOMUM”

O chefe de missão da Jamaica reclamou na quarta-feira que os atletas de seu país têm sido submetidos a um número “extremamente incomum” de exames antidoping desde que chegaram a Pequim, podendo prejudicar sua performance.

Mais de 32 exames de sangue e urina foram realizados em atletas jamaicanos nos últimos cinco dias, um número que alarmou os dirigentes.

“Estamos preocupados que isso tenha um sério efeito sobre nossos atletas”, disse Don Anderson à Reuters. “Sentimos que há uma lista excessivamente longa de testes e achamos que isso é extremamente incomum”.

O ex-recordista mundial dos 100 metros recorde Asafa Powell reclamou que os responsáveis pelos exames vão chamá-lo com tanta frequência e tirado tanto sangue que isso pode ter um impacto na sua performance.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below