13 de Agosto de 2008 / às 14:51 / em 9 anos

Lesão em égua tira Doda dos Jogos; Camila Mazza é substituta

PEQUIM (Reuters) - O cavaleiro Álvaro Affonso de Miranda Netto, o Doda, está fora da prova de saltos dos Jogos de Pequim devido a uma lesão em sua égua, AD Picolien. O conjunto será substituído por Camila Mazza e seu cavalo Bonito Z, informou o Comitê Olímpico Brasileiro nesta quarta-feira.

<p>O cavaleiro brasileiro &Aacute;lvaro 'Doda' Affonso de Miranda durante entrevista coletiva em evento em S&atilde;o Paulo em novembro de 2006. Doda est&aacute; fora da prova de saltos dos Jogos de Pequim devido a uma les&atilde;o em sua &eacute;gua, AD Picolien. O conjunto ser&aacute; substitu&iacute;do por Camila Mazza e seu cavalo Bonito Z, informou o Comit&ecirc; Ol&iacute;mpico Brasileiro. Photo by Stringer</p>

“Não vou saltar para não comprometer a participação brasileira nos Jogos, já que, neste momento, o conjunto reserva tem mais chances de colaborar com o resultado para o time do Brasil”, disse Doda, medalhista de bronze por equipe em Atlanta-1996 e Sydney-2000, em comunicado do COB.

A égua de Doda era um dos trunfos dos brasileiros para a prova de saltos do hipismo, sendo apontada pelo técnico da equipe, Nelson Pessoa, como “excelente”.

Camila, que já estava credenciada e inscrita como reserva e treinava junto com toda a equipe em Hong Kong, sede do torneio de hipismo dos Jogos de Pequim, fará sua estréia olímpica.

As competições de saltos começam na próxima sexta-feira, e Doda permanecerá com a equipe.

“Vou continuar com meus companheiros de equipe e contribuir com tudo o que estiver ao meu alcance”, afirmou o cavaleiro, o melhor brasileiro atualmente no ranking da federação internacional, na 19a colocação.

Segundo comunicado da Confederação Brasileira de Hipismo, a lesão na égua de Doda pode ter sido provocada “durante o transporte da égua para Hong Kong, mas isto não pôde ser determinado com exatidão pelos veterinários”.

A equipe brasileira de saltos será formada por Rodrigo Pessoa/Rufus, Bernardo Alves/Chupa Chup 2, Pedro Veniss/Um Blanc des Blancs e Camila Mazza/ Bonito Z.

Rodrigo Pessoa, atual campeão olímpico da prova, lamentou o desfalque.

“Com certeza nosso time perdeu em qualidade. Não pela entrada da Camila, mas pela saída do Doda. Atualmente ele era o melhor conjunto do Brasil, o mais bem colocado no ranking e, provavelmente, o que melhor estava preparado para esta Olimpíada. Agora vamos dar força para a Camila, nos concentrar e tentar trazer a medalha para o Brasil”, declarou Rodrigo.

BRITÂNICO FORA

Outro cavaleiro que está fora dos Jogos é o britânico Michael Whitaker, por causa de um problema com seu cavalo, Portofino.

Michael, 48, e seu irmão John Whitaker eram as maiores esperanças da Grã-Bretanha para uma medalha de ouro. A dupla levou a prata por equipe nos Jogos de Los Angeles-1984.

“Estávamos preocupados nas últimas 48 horas, definitivamente há algo que está fazendo-o mancar”, disse Will Connell, chefe da equipe britânica.

Michael, que disputaria sua quinta Olimpíada, será substituído por Nick Skelton, 51.

Texto de Tatiana Ramil, com reportagem adicional de Sophie Taylor em Hong Kong; Edição de Pedro Fonseca

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below