23 de Junho de 2008 / às 19:54 / em 9 anos

Kobe Bryant e Lebron James lideram seleção dos EUA para Pequim

Por Ben Klayman

CHICAGO (Reuters) - Kobe Bryant e LeBron James, respectivamente o melhor jogador da NBA e o maior pontuador da liga, encabeçam o time olímpico de basquete dos Estados Unidos convocado nesta segunda-feira para os Jogos de Pequim.

O armador Chris Paul também está na equipe, que carrega as esperanças do Comitê Olímpico Norte-Americano de reverter resultados decepcionantes nas últimas competições internacionais.

Jerry Colangelo, diretor da federação de basquete dos EUA e presidente do Phoenix Suns, disse que a prioridade da convocação era formar um time que pudesse jogar bem coletivamente, em vez de reunir grandes estrelas da NBA.

“Já foi provado que um grupo de estrelas não é necessariamente uma garantia de que você irá vencer”, disse Colangelo em uma entrevista coletiva.

“Você precisa de pontuadores, você precisa de tamanho, você precisa de distribuidores, você precisa de jogadores que desempenhem um papel, e nós focamos nisso”.

O time conta com seis armadores e cinco alas, com Dwight Howard, do Orlando Magic, como único pivô de origem convocado para o elenco.

O técnico da equipe norte-americana, Mike Krzyzewski, disse que o foco era dar ênfase a jogadores de velocidade e versatilidade.

Além de Bryant e Paul, os outros armadores são Jason Kidd (Dallas Mavericks), Michael Redd (Milwaukee Bucks), Dwyane Wade (Miami Heat) e Deron Williams (Utah Jazz).

Carmelo Anthony (Denver Nuggets), Carlos Boozer (Utah Jazz), Chris Bosh (Toronto Raptors) e Tayshaun Prince (Detroit Pistons) se juntam a James entre os alas da equipe.

Os times norte-americanos têm passados por maus momentos em partidas internacionais nos últimos anos, depois de décadas de domínio internacional.

“A palavra-chave para nós durante todo este processo é o respeito”, disse Krzyzewski, que também é técnico da poderosa equipe universitária de Duke.

“Respeitamos o jogo internacional. Por muito tempo, dissemos que é apenas nosso jogo. Na verdade, é um jogo do mundo. Você não pode ser arrogante e ganhar”, acrescentou.

Os Estados Unidos terminaram a última Olimpíada com um decepcionante bronze, atrás da campeã olímpica Argentina. Eles também terminaram em terceiro no Mundial de 2006.

O time norte-americano começa a treinar na sexta-feira em Las Vegas, e jogará uma série de partidas amistosas contra times da NBA e outras seleções nacionais. Os EUA iniciam a campanha olímpica contra a China no dia 10 de agosto.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below