27 de Junho de 2008 / às 20:17 / em 9 anos

Kubica diz que é David lutando contra Golias

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - Robert Kubica, piloto da BMW-Sauber, disse nesta sexta-feira que se sente como um solitário David lutando contra uma multidão de Golias em sua batalha com Ferrari e McLaren pelo título da Fórmula 1.

O polonês de 23 anos conquistou a primeira vitória de sua carreira e a primeira da equipe no Grande Prêmio do Canadá deste mês, assumindo a liderança do Mundial.

Entretanto, um decepcionante quinto lugar de Kubica na França, no último fim de semana, permitiu a Felipe Massa, da Ferrari, tomar a ponta do campeonato e tornar-se o quatro piloto a liderar o Mundial nesta temporada.

“Estamos quase na metade da temporada e não acho que minha segunda posição no campeonato seja por acaso”, disse o polonês ao site oficial da Fórmula 1, durante os testes desta semana em Silverstone para o Grande Prêmio da Inglaterra de 6 de julho.

“Apesar disso, eu ainda me considero um azarão e só vou dizer a vocês que sou um candidato forte (ao título) quando estivermos no Brasil (para a última corrida da temporada).”

“Por enquanto, eu me sinto mais como um David contra vários Golias.”

A BMW-Sauber também já liderou o campeonato este ano e está atualmente em segundo lugar, mas Kubica afirmou que outras equipes estão se aproximando, enquanto a Ferrari parece estar abrindo vantagem.

Ele disse que considerou a corrida em Magny-Cours como um “limite perigoso” e que a equipe precisa crescer pelo restante da temporada.

“Estamos atualmente longe do ritmo que nós precisamos para desafiar os principais competidores, e não é segredo que nós precisamos de bons avanços para voltarmos ao nível de competitividade que mostramos no início da temporada”, afirmou o polonês.

“Em Magny-Cours, nossa diferença para a Ferrari foi a maior até agora, e isso foi enfatizado pelo fato de que algumas outras equipes diminuíram a diferença para a gente.”

“Isso é um sinal de que nós precisamos levar isso muito a sério -- e que devemos reagir rápido também.”

Jarno Trulli, da Toyota, ficou com o terceiro lugar na França, no primeiro pódio da equipe desde 2006. Como resultado, a Toyota subiu para quinto lugar, com 23 pontos, apenas um atrás da Red Bull.

A Ferrari tem 91 pontos após oito corridas, enquanto a BMW tem 74 e a McLaren, 58.

Reportagem de Alan Baldwin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below