30 de Outubro de 2007 / às 12:08 / em 10 anos

SAIBA MAIS:Dados da preparação do Brasil para a Copa de 2014

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil foi considerado pela comissão de inspeção da Fifa como “a escolha apropriada a sediar a Copa do Mundo de 2014”, tendo mostrado “potencial para ser mais do que capaz de realizar uma Copa do Mundo excepcional”, de acordo com relatório divulgado na semana passada.

<p>Teixeira no an&uacute;ncio do Brasil com sede da Copa do Mundo da Fifa de 2014 em Zurique. O Brasil foi considerado pela comiss&atilde;o de inspe&ccedil;&atilde;o da Fifa como 'a escolha apropriada a sediar a Copa do Mundo de 2014', de acordo com relat&oacute;rio divulgado na semana passada. 30 de outubro. Photo by Michael Buholzer</p>

Veja alguns dados da proposta brasileira e como os avaliadores da Fifa vêem o país sete anos antes da realização do Mundial:

INTERESSE DO GOVERNO: Muito alto. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e mais 12 governadores foram a Zurique (Suíça) para acompanhar o anúncio da Fifa desta terça-feira.

ORÇAMENTO: A CBF e o governo não informam a previsão orçamentária para o evento, mas de acordo com a Fifa os valores apresentados inicialmente para a Copa do Mundo de 2014 e a Copa das Confederações do ano anterior estão dentro do exigido

INGRESSOS: 3,7 milhões de assentos serão disponibilizados, sendo pouco mais de 3 milhões a venda para os torcedores.

ACOMODAÇÃO: A Fifa exige um mínimo de 55.000 quartos de hotel divididos entre todas as cidades-sede da Copa do Mundo e considera o Brasil capaz de atender essa exigência, mas pede o apoio do comitê organizador e do governo para garantir que não haja falta de quartos durante a competição.

TRANSPORTE: As 18 cidades postulantes tem aeroportos considerados bons pela Fifa e tanto as rodovias como vias municipais foram consideradas adequadas em 12 das 18 cidades. As seis cidades que tiveram o transporte interno considerado “sem condições adequadas” são: Campo Grande, Cuiabá, Florianópolis, Maceió, Natal e Rio Branco.

ESTÁDIOS: Nenhum estádio brasileiro está atualmente em condição de realizar jogos de Copa do Mundo, e a Fifa afirmou que terá de prestar atenção especial ao cumprimento dos projetos apresentados pelas 18 cidades postulantes a serem sedes do Mundial. Serão escolhidas de 10 a 12 estádios entre os seguintes:

-- Castelão, Fortaleza: 60.000 lugares em 2014

-- Arena Recife-Olinda: 45.500 lugares (a ser construído)

-- Arena Bahia, Salvador: 44.100 lugares (a ser construído)

-- Arena Zagallo, Maceió: 45.337 lugares (a ser construído)

-- Estrela dos Reis Magos, Natal: 65.100 lugares (a ser construído)

<p>Artistas fazem apresenta&ccedil;&atilde;o ap&oacute;s a Fifa ter anunciado que o Brasil sediar&aacute; a Copa do Mundo de 2014, em S&atilde;o Paulo, 30 de outubro. O pa&iacute;s foi considerado 'a escolha apropriada a sediar a Copa do Mundo de 2014'. Photo by Paulo Whitaker</p>

-- Orlando Scarpelli, Florianópolis: 41.700 lugares em 2014

-- Arena das Baixada, Curitiba: 41.375 lugares em 2014

-- Verdão, Cuiabá: 40.000 lugares em 2014

-- Morenão, Campo Grande: 44.355 lugares em 2014

-- Serra Dourada, Goiânia: 40.000 lugares em 2014

-- Vivaldão, Manaus: 40.550 lugares em 2014

-- Arena da Floresta, Rio Branco: 41.264 lugares em 2014.

-- Mangueirão, Belém; 43.788 lugares em 2014

-- Mané Garrincha, Brasília: 76.232 lugares em 2014

-- Mineirão, Belo Horizonte: 74.300 lugares em 2014

-- Morumbi, São Paulo, 66.952 lugares em 2014

-- Beira Rio, Porto Alegre: 60.000 lugares em 2014

-- Maracanã, Rio de Janeiro: 86.100 lugares em 2014

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below