21 de Novembro de 2008 / às 22:42 / em 9 anos

Lopez supera Del Potro e empata final da Copa Davis

Por Brian Homewood

<p>O espanhol Feliciano Lopez comemora vit&oacute;ria sobre o argentino Juan Martin Del Potro na final da Copa Davis. REUTERS/Marcos Brindicci (ARGENTINA)</p>

MAR DEL PLATA (Reuters) - A Espanha se igualou com a Argentina na final da Copa Davis nesta sexta-feira, quando o tenista Feliciano Lopez surpreendeu o local Juan Martin del Potro em um jogo de quatro sets.

Del Potro, número um da Argentina, que sofre de uma lesão em um dedo do pé, parece ter sofrido um estiramento muscular em sua perna direita no sexto game do quarto set.

Após aproximadamente 10 minutos de tratamento, ele perdeu seu serviço e Lopez conseguiu vencer por 4-6, 7-6, 7-6 e 6-3, igualando a vitória por 3 sets a 0 de David Nalbandian sobre seu compatriota David Ferrer na partida de abertura.

Del Potro, o nono do ranking mundial, passou pelo primeiro set em 38 minutos e o poderoso argentino de 20 anos parecia levar adiante a campanha iniciada por Nalbandian.

Lopez, 31o do ranking e escolhido pelo capitão Emilio Sanchez Vicario em detrimento de Fernando Verdasco, que está melhor posicionado no ranking, reagiu e venceu os dois sets seguintes.

O espanhol venceu o primeiro tie-break por 7-2, e no segundo saiu de uma desvantagem de 2-0 para vencer por 7-4, fechando o set com um ace, que comemorou como se fosse um gol numa partida de futebol.

Com o público no Poliesportivo Malvinas cada vez mais quieto, Lopez continuou a dominar a partida, quebrado o serviço do argentino no quarto game do quarto set, ajudado por duas duplas faltas de Del Potro.

Aparentemente cansado após uma temporada que o levou do desconhecimento ao top 10 do tênis mundial, o argentino reagiu no quinto game, mas se lesionou no game seguinte.

Ele resistiu e continuou, mas Lopez matou o jogo de maneira confortável.

A Argentina, que não é vencida em casa há 10 anos, chegou a final como favorita pela primeira vez, quando viu seus adversários perderem o número um do mundo, Rafael Nadal, que se lesionou.

Na primeira partida do dia, Nalbandian superou Ferrer tranquilamente por 6-3, 6-2 e 6-3, em uma hora e 59 minutos, dando aos donos da casa o início perfeito na campanha pelo título inédito da Davis.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below