11 de Dezembro de 2008 / às 13:40 / em 9 anos

Ramos enfrenta batismo de fogo em clássico Real x Barcelona

MADRI (Reuters) - A surpreendente contratação de Juande Ramos para substituir Bernd Schuster como técnico do Real Madrid, esta semana, dará ao novo técnico do time da capital a chance de disputar seu primeiro super clássico do Campeonato Espanhol.

<p>O novo t&eacute;cnico do Real Madrid, Juande Ramos, durante partida da Liga dos Campe&otilde;es contra o Zenit St Petersburg em Madri. A surpreendente contrata&ccedil;&atilde;o de Juande Ramos para substituir Bernd Schuster como t&eacute;cnico do Real Madrid, esta semana, dar&aacute; ao novo t&eacute;cnico do time da capital a chance de disputar seu primeiro super cl&aacute;ssico do Campeonato Espanhol. 10 de dezembro.REUTERS/Andrea Comas (SPAIN)</p>

O Real está nove pontos atrás de seu arqui-rival na tabela da competição, após 14 partidas disputadas, e o Barcelona venceu todos, exceto um, dos seus 12 últimos jogos. O ex-técnico do Sevilla terá um enorme desafio ao retornar para a liga espanhola, no Camp Nou, no sábado.

Ramos, ex-treinador do time B do Barcelona, minimizou rapidamente a afirmação de Schuster na última semana de que seria impossível bater o time catalão, insistindo que o Real tem habilidade para vencer em qualquer estádio no mundo.

A vitória do Real por 3 x 0 contra o Zenit St. Petersburg, quarta-feira, pela Liga dos Campeões, deu ao time um impulso de confiança que vai ajudar no sábado, disse ele.

“Eu fiquei satisfeito com a atitude dos jogadores esta noite”, disse Ramos a jornalistas após a partida.

“Aos poucos, e à medida que os jogadores ganham confiança na nova estrutura, eu acredito que as coisas vão melhorar. Nós temos alguns excelentes jogadores. Eles são todos de suas seleções, e se eles jogarem o seu melhor, temos chance de vencer”.

A suspensão do atacante holandês Arjen Robben e uma série de jogadores lesionados, incluindo os zagueiros Gabriel Heinze e Pepe, tornam a tarefa de formar uma equipe competitiva muito mais difícil para o novo técnico.

Ao contrário do Real, o Barcelona tem todos os jogadores à disposição, e o técnico Pep Guardiola poupou oito jogadores na partida de terça-feira pala Liga dos Campeões contra o Shakhtar Donetsk, incluindo Lionel Messi e o artilheiro da liga, Samuel Eto‘o.

“Nós estamos realmente ansiosos para o início da partida e cheios de confiança de que podemos vencer”, disse o meio-campo Xavi, também poupado no jogo de terça-feira.

Reportagem de Ianin Rogers

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below