19 de Abril de 2009 / às 18:12 / em 9 anos

Petric marca dois e Hamburgo vence Hanover

Por Karolos Grohmann

<p>Dois gols do atacante croata Mladen Petric deu ao Hamburgo a vit&oacute;ria por 2 x 1 sobre o Hanover neste domingo, deixando a equipe em terceiro lugar no Campeonato Alem&atilde;o, tr&ecirc;s pontos atr&aacute;s do l&iacute;der Wolfsburg, faltando seis jogos para o fim da competi&ccedil;&atilde;o. REUTERS/Christian Charisius (GERMANY SPORT SOCCER) ONLINE CLIENTS MAY USE UP TO SIX IMAGES DURING EACH MATCH WITHOUT THE AUTHORITY OF THE DFL. NO MOBILE USE DURING THE MATCH AND FOR A FURTHER TWO HOURS AFTERWARDS IS PERMITTED WITHOUT THE AUTHORITY OF THE DFL. FOR MORE INFORMATION CONTACT DFL DIRECTLY</p>

BERLIM (Reuters) - Dois gols do atacante croata Mladen Petric deu ao Hamburgo a vitória por 2 x 1 sobre o Hanover neste domingo, deixando a equipe em terceiro lugar no Campeonato Alemão, três pontos atrás do líder Wolfsburg, faltando seis jogos para o fim da competição.

O Hamburgo está com 54 pontos, juntamente com o Bayern de Munique que venceu o Arminia Bielefeld por 1 x 0 no sábado e tem um melhor saldo de gols.

O Wolfsburg venceu o Bayer Leverkusen por 2 x 1 e manteve a vantagem de três pontos na liderança, com 57 pontos.

Petric abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo com um voleio na pequena área, aproveitando cruzamento de Jerome Boateng.

O Hamburgo, que ainda disputa a Copa da Uefa e a Copa da Alemanha, parecia sentir o pesado calendário mas raramente foi ameaçado.

Petric fez o segundo aos 7 minutos do segundo tempo, chegando a 12 na temporada, antes de Mikael Forssel, do Hanover, diminuir a diferença em cobrança de pênalti aos 25 minutos da segunda etapa.

O Hertha Berlin, sem o atacante Andriy Voronin, virou a partida para cima do Werder Bremem, vencendo por 2 x 1 e mantendo suas escassas chances de ser campeão pela primeira vez desde 1931.

O zagueiro Per Mertesacker, do Werder, abriu o placar pouco antes do intervalo ao empurrar a bola para o gol após confusão na área.

O Werder Bremen quase marcou outro antes do zagueiro Josip Simunic, do Hertha, empatar a partida de cabeça, aos 26 minutos do segundo tempo.

O time da casa aumentou a pressão para conseguir o gol da vitória, mas acertou a trave por duas vezes antes de Raffael acertar um potente chute de fora da área aos 42 minutos do segundo tempo para dar ao Hertha sua primeira vitória após três derrotas, provocando a euforia de seus 68 mil torcedores presentes ao estádio Olímpico de Berlim.

O Hertha subiu para o quarto lugar na tabela, com 52 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below